ACOMPANHE-NOS    
NOVEMBRO, QUARTA  25    CAMPO GRANDE 23º

Interior

Isolados e esquecidos, moradores do Jardim Vitória sofrem em dia de chuva

Bairro da região norte de Dourados existe há 16 anos, mas não tem asfalto; morador relata dificuldade em sair de casa em dia de chuva

Por Helio de Freitas, de Dourados | 26/04/2017 10:54
Rua alagada durante a chuva de hoje no Jardim Vitória, em Dourados (Foto: Direto das Ruas)
Rua alagada durante a chuva de hoje no Jardim Vitória, em Dourados (Foto: Direto das Ruas)

Vários bairros da periferia de Dourados, a 233 km de Campo Grande, estão com as ruas alagadas nesta quarta-feira (26) por causa da chuva forte iniciada durante a madrugada e que já se aproxima de 40 milímetros. O problema maior ocorre nas regiões norte e sul da cidade, onde várias comunidades moram em ruas de terra.

Um desses bairros é o Jardim Vitória, localizado na região norte, no Grande Piratininga. “Estamos isolados e esquecidos. Foi difícil sair de casa hoje para trabalhar”, afirmou ao Campo Grande News o mecânico Rodrigo Monteiro, 41.

Segundo ele, o Jardim Vitória existe há pelo menos 16 anos e nunca foi atendido com projeto de asfalto. Ele aponta a demora da prefeitura em atender a comunidade da periferia e a burocracia do poder público como causas do abandono.

“Estamos no isolamento total. Não temos uma associação de moradores que lute pela comunidade, nem mesmo representante na Câmara de Vereadores”, afirmou.

Rodrigo disse que o isolamento do Jardim Vitória é tanto que na eleição do ano passado nem os candidatos, que só aparecem de quatro em quatro anos, foram ao bairro.

Moradores sofrem para sair de casa em dias chuvosos (Foto: Direto das Ruas)
Moradores sofrem para sair de casa em dias chuvosos (Foto: Direto das Ruas)

Promessa – Em 2012, a prefeitura anunciou que o Jardim Vitória estava incluído no pacote de asfalto que seria executado com R$ 55 milhões obtidos de financiamento da Caixa Econômica Federal. Outros 20 bairros também seriam atendidos pelo empréstimo, que será pago em 20 anos.

Entretanto, o então prefeito, Murilo Zauith (PSB), deixou a administração sem concluir o pacote lançado em 2012 e sem cumprir a meta que havia anunciado de asfaltar 100% da cidade.

O contingenciamento adotado ainda no governo Dilma Rousseff e a crise política causada pelo impeachment atrasaram a liberação do dinheiro e os projetos ficaram parados.

Sem projeto – O secretário de Planejamento de Dourados, Tahan Sales Mustafá, afirmou ao Campo Grande News que não foi deixado pela administração passada nenhum projeto de asfalto do Jardim Vitória.

Segundo ele, a prefeitura tinha pedido verba para asfaltar a Avenida Canaã, que passa ao lado do bairro, mas o projeto não foi aprovado pelo Ministério das Cidades. “Vamos fazer um esforço para pelo menos cascalhar as ruas do Jardim Vitória”, declarou.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário