A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 22 de Maio de 2017

19/05/2017 18:38

Jovem chama PMs de 'pébas drogados' e revolta agentes em cidade do interior

As ofensas contra os policiais foram publicados no Facebook do jovem

Adriano Fernandes
Comentário feito pelo jovem na legenda do compartilhamento da notícia sobre o acidente. (Foto: Reprodução Facebook) Comentário feito pelo jovem na "legenda" do compartilhamento da notícia sobre o acidente. (Foto: Reprodução Facebook)

 O jovem Mateus Sena de 20 anos vai responder pelo crime de injúria e difamação contra policiais militares de Porto Murtinho – a 431 quilômetros de Campo Grande -, depois de ter publicado no Facebook, postagem em que chama os agentes da cidade de “pébas drogados”.

O ‘post’ foi feito a partir do compartilhamento da notícia de que o soldado da PM (Polícia Militar), Diego Resende Espíndola, 26, dotado na cidade, bateu o Honda Civic que dirigia ao tentar fugir da polícia da Capital, após ser flagrado tentando comprar drogas, na noite de quarta-feira (17), no bairro Tiradentes em Campo Grande.

Ofendidos com a situação, 17 policiais militares de Porto Murtinho registraram o boletim de ocorrência contra o garoto, nesta sexta-feira (19). Em nota, os policiais disseram que a postagem generalizava a atuação dos PMs a partir do ocorrido, quando o garoto diz que "há apenas pébas drogados em vez de policiais em Porto Murtinho... e que os todos deveriam ser presos”.

 

Após o compartilhamento da notícia o rapaz ainda segue ofendendo os policiais nos comentários. (Foto: Reprodução Facebook)  Após o compartilhamento da notícia o rapaz ainda segue ofendendo os policiais nos comentários. (Foto: Reprodução Facebook)

Os agentes ainda ressaltam que o registro policial não foi um ato de corporativismo, sendo que Espíndola foi detido, justamente, e afastado do serviço militar enquanto responde o processo.

Na nota, assinada por todos os policiais militares de Porto Murtinho os agentes ainda afirmam que esta não foi a primeira vez que o jovem faz postagem tentado denegrir a imagem dos policiais.

Mateus se sentiria “vítima” da corporação, depois que a policia fechou um estabelecimento do rapaz na cidade em março por perturbação do sossego de moradores.

No boletim de ocorrência os policiais ainda frisam que “qualquer indivíduo pode se manifestar sobre variadas ideias e opiniões livres, desde que essa garantia não sofra determinada restrição e não venha ferir o direito a honra, a imagem, a pessoa e a dignidade”.

Se condenado ,Mateus poder ser preso de três meses a um ano e pagar uma multa, podendo ter agravantes em sua condenação por ter difamados funcionários públicos em canal que aumente a visibilidade da denúncia.

Soldado da PM bate carro após ser perseguido por tentar comprar drogas
Um soldado da Polícia Militar de 26 anos bateu o Honda Civic que dirigia ao tentar fugir de colegas de profissão do Batalhão de Motos ao ver frustrad...
Ações para melhoria no fornecimento de energia no interior de MS começam hoje
A Energisa começa nesta segunda-feira (22) uma série de ações nos municípios interioranos de Mato Grosso do Sul para aprimorar e melhorar o fornecime...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions