ACOMPANHE-NOS    
MAIO, SÁBADO  30    CAMPO GRANDE 29º

Comportamento

Mãe esperava menina, mas teve gêmeos em parto raro e especial

Letícia Martinez acreditava que estava grávida de uma menina

Por Adriano Fernandes | 28/03/2020 18:41
Letícia ao lado dos filhos Adrian e Alisson. (Foto: Divulgação) 
Letícia ao lado dos filhos Adrian e Alisson. (Foto: Divulgação)

A mãe Letícia Martinez, de 28 anos, teve duas raras surpresas ao entrar em trabalho de parto na última terça-feira (24) em Ponta Porã, cidade a 323 quilômetros de Campo Grande. Ela acreditava que estava grávida de uma menina, mas nasceram dois meninos.

Um dos bebês nasceu dentro da bolsa amniótica e na posição pélvica, sentado, em parto que segundo especialistas, acontece apenas 1 vez a cada 80 mil nascimentos.  “O ultrassom tinha mostrado que seria uma menina, mas quando estava em trabalho de parto, vieram dois meninos. Estou surpresa, principalmente por um deles ter nascido com a bolsa íntegra e sentado”, contou Letícia Martinez, que é mãe de outros cinco filhos.

Ela conta que começou a sentir as contrações após cair em casa e resolveu ir até a maternidade do Hospital Regional Doutor José de Simone Netto. “Passei pela triagem e fui encaminhada para a sala de parto. Após ter o primeiro bebê, se passaram 20 minutos e tive o segundo bebê que nasceu dentro da bolsa”, disse. Os gêmeos foram batizados de Adrian e Alisson.

Bebê dorme tranquilos no quarto de hospital. (Foto: Divulgação) 
Bebê dorme tranquilos no quarto de hospital. (Foto: Divulgação)

A enfermeira obstetra que acompanhou o parto, Juliana Turci, explica que o parto natural de gêmeos não é tão comum. Apesar de rara a posição em que estava um dos bebês não faz mal nem para a mãe nem a criança.

“Normalmente é realizado cesárea em gestação de gêmeos. O primeiro bebê nasceu na posição normal, o segundo veio pélvico na posição sentada, situação que ocorre quando a bolsa amniótica não rompe antes do nascimento, uma condição rara”, disse.

Letícia e os pequenos ainda não tiveram alta hospitalar. A mãe vai receber dois kits de higiene do programa 'Pequeno Sul- Mato-Grossense', composto por fraldas, toalha, frasco de álcool em gel, pacote de gazes, algodão, sabão glicerinado e pomada para assadura.

O programa é uma iniciativa do Instituto Acqua, que gerencia o hospital, em parceria com a SES (Secretaria Estadual de Saúde). Contudo, a família ainda precisa de doações com carrinhos de bebê, roupas e fraldas descartáveis. As doações podem ser encaminhadas para o serviço de Assistência Social do Hospital Regional de Ponta Porã Rua Baltazar Saldanha, 1501.