ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, SÁBADO  08    CAMPO GRANDE 20º

Interior

Mãe que matou recém nascido em Jateí cumprirá pena em liberdade

Por João Humberto | 07/12/2010 23:14
Valdenice da Silva, 20 anos, cumprirá pena de 3 anos em liberdade. Foto: Luiz Fernandes.
Valdenice da Silva, 20 anos, cumprirá pena de 3 anos em liberdade. Foto: Luiz Fernandes.

A jovem Valdenice da Silva, 20 anos, acusada de ter matado o filho, logo após o parto, no dia 6 de março de 2008, foi sentenciada a cumprir três anos de prisão com pena privativa de liberdade e 120 dias de multa.

Conforme apurado pelo Fátima Informa, Valdenice tinha 18 anos quando o crime aconteceu, por volta das 2h, na Fazenda Comendador Gentil Geraldi, no município distante 25 km de Fátima do Sul.

Logo após dar a luz, Valdenice começou a espancar a criança, causando lesões corporais no bebê. Laudo necroscópico apontou que as agressões teriam causado a morte do menino.

Depois de matar o filho, Valdenice ainda teria destruído parcialmente o cadáver da criança. Em depoimento à polícia, a jovem admitiu que sufocou a criança com um cobertor.

Após sufocar o bebê, ela tentou se livrar do corpo jogando-o numa vala que servia de lixeira, e pediu ajuda ao pai da criança para atear fogo num entulho. De acordo com reportagem do portal Fátima Informa, o marido de Valdenice não sabia que no entulho estava o filho.

O corpo da criança foi descoberto pela mãe de Valdenice. A jovem também admitiu ter matado a criança antes de queimar o corpo. A família, que vivia em uma fazenda de Jateí, desconhecia a gravidez.

A ré respondeu por infanticídio, destruição, subtração ou ocultação de cadáver e concurso material.