ACOMPANHE-NOS    
DEZEMBRO, DOMINGO  05    CAMPO GRANDE 28º

Interior

Mais um: pistoleiros executam advogado na fronteira

Joel Villalba foi morto em sua casa em Pedro Juan Caballero; pai dele foi ferido de raspão

Por Helio de Freitas, de Dourados | 25/10/2021 14:40
Policiais no local onde advogado foi executado nesta tarde em Pedro Juan. (Foto: Direto das Ruas)
Policiais no local onde advogado foi executado nesta tarde em Pedro Juan. (Foto: Direto das Ruas)

Os matadores voltaram a agir na tarde desta segunda-feira (25), na fronteira do Paraguai com Mato Grosso do Sul. O advogado Joel Villalba foi executado a tiros em sua casa, no Bairro Dom Bosco, em Pedro Juan Caballero, cidade separada apenas por uma rua de Ponta Porã (MS), a 323 km de Campo Grande.

Ex-funcionário da Municipalidade de Pedro Juan Caballero e filiado ao Partido Liberal, Joel estava na frente de casa, quando os pistoleiros chegaram e começaram a atirar. Ele correu para dentro da casa, mas foi atingido por vários tiros e morreu no local. O pai dele foi ferido de raspão.

O subcomissário Pedro Román, subchefe da 1ª Comissaria da Polícia Nacional, informou que os dois pistoleiros chegaram de moto. O garupa desceu com a arma na mão. O advogado tentou fugir, mas foi perseguido e crivado de balas.

A morte do advogado acaba com uma semana de trégua na guerra declarada pelo crime organizado na fronteira. Antes da execução de hoje, a morte mais recente tinha sido registrada no domingo passado, dia 17, quando Derlis David Sanchez Ayala, 23, foi executado a tiros de pistola.

Derlis foi apontado pela polícia como um dos suspeitos da chacina de quatro pessoas no dia 9 deste mês, na saída de uma festa em Pedro Juan Caballero.

O advogado Joel Villalba, executado hoje, em Pedro Juan Caballero. (Foto: Reprodução)
O advogado Joel Villalba, executado hoje, em Pedro Juan Caballero. (Foto: Reprodução)


Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário