ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
FEVEREIRO, SEGUNDA  26    CAMPO GRANDE 29º

Interior

Matança desenfreada faz quarta vítima em 24 horas na fronteira

A última seria o empresário Davi Roney, proprietário da Aracell Guinchos

Lucia Morel e Helio de Freitas, de Dourados | 04/03/2021 19:05
Homem foi assassinado enquanto dirigia. (Foto: Direto das Ruas)
Homem foi assassinado enquanto dirigia. (Foto: Direto das Ruas)

Em menos de 24 horas, quatro pessoas foram assassinadas na fronteira do Brasil com o Paraguai. Não se sabe se as mortes têm ligação, mas a última seria do empresário Davi Roney, proprietário de um lava-rápido.

Ele dirigia uma caminhonete Ford F-250 em estrada em Ponta Porã que dá acesso ao município de Antônio João quando foi vítima de disparos de arma de fogo. Não há informações sobre suspeitos e a Polícia Civil da cidade foi acionada para mais detalhes.



As outras mortes hoje foram de casal, ainda não identificado e um jovem, ontem. Os corpos de um homem e uma mulher foram encontrados na margem de uma estrada perto do frigorífico da Friboi/JBS hoje à tarde. O local fica a cem metros de onde o outro corpo foi encontrado ontem.

Neste caso, homem foi encontrado degolado em estrada de terra do Jardim Monte Alto, a poucos metros da linha internacional que separa o município de Ponta Porã do Paraguai.

Nos siga no Google Notícias