A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 15 de Outubro de 2019

10/10/2019 10:01

Polícia MIlitar Rodoviária inicia operação em 15 mil km de estradas estaduais

Batalhão espera aumento de 40% no fluxo de veículos nas estradas de domínio estadual amanhã e domingo

Helio de Freitas, de Dourados
PM verifica documento de carro abordado em rodovia estadual; Operação Nossa Senhora Aparecida começou hoje (Foto: Divulgação)PM verifica documento de carro abordado em rodovia estadual; Operação Nossa Senhora Aparecida começou hoje (Foto: Divulgação)

Começou nesta quinta-feira (10) e segue até 6h da manhã de segunda-feira (14), a Operação Nossa Senhora Aparecida 2019 do Batalhão da Polícia Militar Rodoviária nas estradas estaduais de Mato Grosso do Sul. São 15 mil quilômetros de rodovias de domínio do Estado e a PMR espera aumento de até 40% no fluxo de veículos na manhã de sexta-feira e sábado e na tarde de domingo, na volta do feriadão.

De acordo com o comando da Militar Rodoviária, a prioridade é controlar a velocidade, fiscalizar ultrapassagens proibidas e ampliar a presença das equipes em pontos e horários de maior incidência de acidentes e crimes.

A ação já foi intensificada nas 12 bases operacionais fixas distribuídas nos municípios de Amambai, Campo Grande, Corumbá, Bonito, Dourados, Ivinhema, Maracaju, Nova Andradina, Paranaíba, Ponta Porã e Três Lagoas. Outras 15 equipes volantes percorrerão pontos e horários vulneráveis, definidos através de dados do sistema de geoprocessamento.

Além de fazer a fiscalização do trânsito rodoviário, a Militar Rodoviária também atua no combate ao tráfico de drogas, contrabando e outros crimes.

A PMR orienta os usuários das rodovias estaduais a respeitar os limites de velocidade, manter distância de segurança em relação aos demais veículos, ultrapassar apenas quando houver plenas condições de segurança e não desviar a atenção do trânsito.

“É fundamental planejar a viagem, buscando evitar, na medida do possível, os horários de pico. Dirigir cansado ou com sono aumenta o risco de o motorista cometer erros. A cada três ou quatro horas de viagem, é recomendável uma pausa para descanso ou revezar a direção do veículo”, afirma a corporação, que reforça a obrigatoriedade do uso de cinto de segurança e de cadeirinha para crianças. O telefone para emergências é o 198.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions