A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

08/02/2016 09:51

Moradores improvisam passarela sobre ponte que caiu há 70 dias

Liana Feitosa
Hoje, ponte improvisada liga moradores da região de Naviraí ao Paraná. (Foto: Direto das Ruas)Hoje, ponte improvisada liga moradores da região de Naviraí ao Paraná. (Foto: Direto das Ruas)

Moradores da região de Naviraí, no sul do Estado, improvisaram uma ponte sobre trecho da BR-487 que desmoronou no último dia 2 de dezembro devido às fortes e constantes chuvas que atingiram Mato Grosso do Sul entre o final de 2015 e começo de 2016.

A parte que caiu faz parte da ponte que dá acesso à BR-163 e liga o Estado ao município de Icaraíma (PR). Segundo o site Ta Na Mídia Naviraí, o local interditado fica a 500 metros do Posto Fiscal Foz do Amambaí, sentido Naviraí-Paraná.

Com o tráfego impedido, os moradores decidiram construir uma espécie de "pinguela", uma ponte improvisada, sobre a via caída. Portanto, a estrutura temporária não permite travessia de veículos, apenas pedestres.

 

Ponte ficou assim após queda no último dia 2 de dezembro. (Foto: Direto das Ruas)Ponte ficou assim após queda no último dia 2 de dezembro. (Foto: Direto das Ruas)
Estrutura temporária não permite travessia de veículos, apenas pedestres. (Foto: Direto das Ruas)Estrutura temporária não permite travessia de veículos, apenas pedestres. (Foto: Direto das Ruas)

Causas - Segundo o DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes), a ponte que desmoronou fica sobre uma das vazantes do Rio Amambai.

A ligação rodoviária de Mato Grosso do Sul com o Paraná por essa região começou em 2001, quando o então presidente Fernando Henrique Cardoso inaugurou um complexo de pontes sobre o Rio Amambai e o Paraná.

A BR-487 liga a BR-163, no trevo entre Naviraí e Itaquiraí, até Porto Camargo, no município de Icaraíma (PR).

De acordo com o site Ta Na Mídia Naviraí, o local interditado fica a 500 metros do Posto Fiscal Foz do Amambaí, sentido Naviraí-Paraná. Ainda não há previsão de quanto tempo o acesso ficará interditado.

Rotas alternativas - Desde que a ponte caiu os motoristas que vão de Mato Grosso do Sul para o Paraná precisam optar pelo acesso da BR-163 até Guaíra (PR), ou seguir por uma estrada vicinal que liga Naviraí ao Porto Caiuá e atravessar o rio de balsa, como era feito antes da construção da ponte, há 14 anos.

Condutores que viajam de Dourados ao Sul do País também podem optar pela MS-376, passando pelo município de Nova Andradina, seguindo depois pela MS-480.

O motorista irá atravessar o rio pela ponte de Porto Primavera, na divisa de São Paulo com o Paraná.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions