ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, DOMINGO  26    CAMPO GRANDE 15º

Interior

Morre segunda vítima de acidente causado por motorista de caminhão

Homem de 52 anos seguia na garupa de moto atropelada por caminhão; piloto morreu no local

Por Helio de Freitas, de Dourados | 24/05/2022 13:59
Socorristas tentam reanimar piloto de moto em acidente com duas mortes em Dourados. (Foto: Adilson Domingos)
Socorristas tentam reanimar piloto de moto em acidente com duas mortes em Dourados. (Foto: Adilson Domingos)

Morreu no Hospital da Vida o venezuelano Javier José Rodriguez Rodriguez, 52, que estava na garupa da moto atropelada por caminhão de frutas que desrespeitou a preferencial na manhã desta terça-feira (24), em Dourados, a 233 km de Campo Grande. Javier seguia na moto com o também venezuelano Orlando Abimelec Villazana Arévalo, 33, que morreu no local do acidente.

Os dois seguiam de moto pela Avenida Marcelino Pires, sentido leste-oeste. No cruzamento com a Rua Epifânio Ribeiro da Silva, em frente ao Sacolão Oshiro, na região leste da cidade, os dois foram atropelados pelo caminhão F4000 branco, conduzido por João Vitor Mendonça Caetano, 24.

Câmera de monitoramento de empresa localizada em frente ao cruzamento gravou o momento em que o motorista do caminhão invade a preferencial e bate na moto. Os dois homens foram atirados sobre a calçada.

Javier foi levado ao Hospital da Vida com ferimentos gravíssimos e morreu quatro horas depois. Socorristas do Corpo de Bombeiros e do Samu (Serviço Móvel de Urgência) tentaram reanimar Orlando com massagens cardíacas, mas ele não resistiu e morreu na calçada.

Antes de se mudar para Dourados fugindo do regime de Nicolás Maduro, Orlando era sargento do Exército venezuelano. Em Mato Grosso do Sul, trabalhava com venda de comida rápida.

Morador em Fátima do Sul, João Vitor avisou as equipes de segurança e ficou no local, mas se escondeu até a chegada da polícia por medo de represálias. Ele deve ser indiciado por duplo homicídio culposo (sem intenção).

Nos siga no Google Notícias