ACOMPANHE-NOS    
JULHO, TERÇA  27    CAMPO GRANDE 12º

Interior

Motorista de 71 anos morre após bater de frente carro em caminhão

João Wilson Ponciano que dirigia o Fiat Pálio chegou a ser socorrido e morreu no hospital

Por Mariana Rodrigues | 16/02/2021 08:41
O motorista do carro invadiu a pista contrária e bateu de frente com o caminhão. Foto: Tá Na Mídia Naviraí.
O motorista do carro invadiu a pista contrária e bateu de frente com o caminhão. Foto: Tá Na Mídia Naviraí.


Motorista de 71 anos, identificado como João Wilson Ponciano morreu após bater o veículo que dirigia um Fiat Pálio de frente com um caminhão tipo furgão, com placas de Paranavaí (PR). Com o impacto da batida, a vítima chegou a ficar presa às ferragens, foi levada para o hospital, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. O acidente ocorreu na tarde dessa segunda-feira (15), em Naviraí, distante a 366 quilômetros de Campo Grande.

Conforme informações do Tá Na Mídia Naviraí, por volta das 13h, o motorista do caminhão, Vilson da Silva, 51 anos, informou que seguia pela BR-487, sentido Naviraí – Porto Camargo, quando se deparou com o motorista do Fiat Pálio que seguia no sentido contrário e acabou invadindo a pista.

O condutor do caminhão contou que tentou desviar jogando o veículo para o outro lado da via, mas o condutor do Fiat Pálio voltou para a sua mão da rodovia provocando a colisão frontal entre os veículos. O Pálio ficou totalmente destruído.

Devido ao impacto da batida, o Pálio teve um principio de incêndio que foi contido por outros condutores que passavam pela rodovia no momento e usaram seus próprios extintores. João Wilson ficou preso às ferragens, socorrido pelo Corpo de Bombeiros e levado, consciente e desorientado, para o Hospital Municipal de Naviraí.

Ele estava com suspeita de fratura em várias partes do corpo. João Wilson não resistiu aos ferimentos e morreu no hospital. O motorista do caminhão não teve ferimentos e não precisou de atendimento médico.  Além do Corpo de Bombeiros, a PRF (Polícia Rodoviária Federal) foi chamada para atender a ocorrência.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário