A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 26 de Junho de 2017

06/10/2015 10:21

MPE abre inquéritos para apurar situação de abandono de ferrovia

Liana Feitosa
Audiência discutiu situação de malha ferroviária da cidade. (Foto: Cézar Dias/ Sidrolândia News)Audiência discutiu situação de malha ferroviária da cidade. (Foto: Cézar Dias/ Sidrolândia News)

O MPE/MS (Ministério Público do Estado de Mato Grosso do Sul) instaurou dois inquéritos civis para apurar a situação da malha ferroviária e abandono de área que pertencia à ALL (América Latina Logística) no município de Sidrolândia, a 71 quilômetros de Campo Grande.

Um dos editais quer que a valoração da estação ferroviária da cidade seja valorada, ou seja, o Ministério Público quer analisar o local com o objetivo de saber quanto vale a construção.

Além disso, o texto do MPE aponta que o inquérito foi aberto para permitir a verificação da situação de preservação do local, que faz parte do patrimônio histórico-cultural do município, e dos bens que compõem o complexo ferroviário.

O segundo edital aberto quer que seja apurada a presença de lixo, vagões abandonados, entulhos e pneus espalhados ao longo da malha ferroviária na área urbana de Sidrolândia, assim como levantar se existem ocupações indevidas nos terrenos adjacentes.

Há algum tempo a questão é acompanhada pelos moradores da região. De acordo com o site Sidrolândia News, na última sexta-feira (2) a Câmara Municipal do município realizou audiência pública para discutir questões referentes a esse tema, e não foi a primeira reunião promovida na Casa de Leis.

Com o tema "Sidrolândia nos Trilhos", cerca de 200 pessoas estiveram no local. Entre as preocupações estão a área utilizada pela Rede Ferroviária Federal, sendo que em 2007 foi desativado o corredor ferroviário que ligava Campo Grande a Ponta Porã, passando por Sidrolândia e Maracajú.

A prefeitura e vereadores, há três anos, querem que as autoridades locais assumam a responsabilidade sobre a área de 14 hectares, onde existem prédios. Além disso, eles buscam a conservação das margens da linha férrea, o que não pode ser feito pelo município porque a área é federal.

Segundo o site, o abandono da linha e da Esplanada Ferroviária tem causado prejuízos ao município e à população que reside no local, muitos ferroviários aposentados ou familiares. O lixo e o mato tomaram conta da área, gerando insegurança.

Jovem é atingida por tiros após discussão com homem em bar
Mulher de 20 anos ficou gravemente ferida ao ser atingida por dois tiros disparados por um homem que ainda não foi identificado. O crime aconteceu po...
Oficial da polícia reage a roubo no meio da rua e mata assaltante a tiros
Danilo Araújo Montania, 22, morreu ao ser atingido por tiros disparados por um homem que ele tentava roubar. O caso aconteceu na noite de ontem (25),...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions