A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

31/05/2016 10:25

Mulher de 33 anos que esperava vaga em UTI morre com suspeita de gripe suína

Moradora em Laguna Carapã era uma das três pessoas internadas em unidade de emergência esperando vaga na UTI do HU

Helio de Freitas, de Dourados
Funcionários do Hospital da Vida temem mais mortes se pacientes não forem transferidos para unidade especializada (Foto: Eliel Oliveira)Funcionários do Hospital da Vida temem mais mortes se pacientes não forem transferidos para unidade especializada (Foto: Eliel Oliveira)

Uma mulher de 33 anos, que estava internada desde domingo (29) no Hospital da Vida, em Dourados, morreu com suspeita de gripe transmitida pelo vírus H1N1. Ela era um dos três pacientes hospitalizados na ala vermelha, aguardando uma vaga na UTI do HU (Hospital Universitário).

O Hospital Universitário de Dourados é a unidade referência regional em doenças infectocontagiosas e possui dez leitos de isolamento respiratório. Entretanto, familiares de pessoas internadas no Hospital da Vida denunciam que o HU recusa receber os pacientes. O hospital diz que todos os leitos estão ocupados.

De acordo com a administração do Hospital da Vida, seis pacientes estão internados hoje na ala vermelha e na UTI, aguardando transferência para a unidade especializada.

Moradora em Laguna Carapã, cidade a 287 km de Campo Grande, a mulher de 33 anos estava internada no hospital de Dourados desde domingo (29). Com dor no peito, falta de ar, dor de cabeça e dificuldade para respirar, a paciente passou uma tomografia computadorizada, que constatou comprometimento de um dos lados do tórax.

Por duas vezes o Hospital da Vida tentou transferir a paciente para a UTI do HU, mas a solicitação foi negada, conforme formulário de solicitação de transferência hospitalar ao qual o Campo Grande News teve acesso.

UTI lotada – A assessoria do Hospital Universitário informou que hoje existem 12 pacientes internados com notificação de suspeita de síndrome respiratória aguda grave. Ontem eram 13, mas um paciente teve alta.

Desses 12 pacientes, dois têm quadro confirmado de H1N1 e dez aguardam resultado de exames.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions