A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

30/05/2016 11:24

Hospital Universitário tem 13 pessoas internadas com suspeita de gripe

De janeiro até agora, 33 casos foram notificados no HU de Dourados e 11 confirmados; dois moradores de outras cidades morreram

Helio de Freitas, de Dourados
HU de Dourados atende pacientes da região com suspeita de gripe (Foto: Arquivo)HU de Dourados atende pacientes da região com suspeita de gripe (Foto: Arquivo)

Treze pessoas estão internadas nesta segunda-feira (30) no HU (Hospital Universitário) de Dourados, cidade a 233 km de Campo Grande, com notificação de Síndrome Respiratória Aguda Grave.

A notificação é feita quando o paciente chega ao hospital com quadro de dificuldade respiratória, tosse e outras debilidades sugerindo doença causada por vírus que ataque o sistema respiratório. É um diagnóstico inicial, antes da confirmação da causa por exames.

De acordo com a assessoria de imprensa do hospital desses 13 pacientes, dois têm quadro confirmado de gripe causada pelo vírus H1N1 e 11 aguardam o resultado de exames.

De janeiro até agora, 33 casos suspeitos de gripe foram notificados no Hu da UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados). Dez pacientes apresentaram resultado negativo para influenza, 11 apresentaram quadro positivo para e 12 ainda aguardam o resultado de exames.

Duas mortes de pessoas com gripe H1N1 atendidas no HU de Dourados foram confirmadas neste ano. Os pacientes moravam em Juti e Macaraju.

Outras duas mortes com quadro suspeito de H1N1 foram registradas no hospital. Um paciente de Douradina, que morreu no dia 22 deste mês, apresentou resultado negativo para H1N1. A outra morte ocorreu dois dias depois, de um paciente de Caarapó, mas o caso ainda aguarda resultado de exame.

Vacinação – Nesta segunda-feira, o Núcleo de Imunização da Secretaria de Saúde de Dourados informou que a vacinação contra a gripe continua para atender gestantes e mulheres até 45 após o parto. Crianças de até cinco anos de idade que já foram vacinadas devem tomar a segunda dose.

Conforme o núcleo, a continuidade da vacinação para as mulheres é porque este foi o grupo que menos chegou perto da meta de imunização durante a campanha, encerrada no dia 20.

Apenas 51,69% do público alvo de gestantes foram imunizados, assim como 58,24% das mulheres com até 45 após o parto. A meta era atingir 80% desses grupos. “Quem tiver nesses dois grupos pode procurar as unidades de saúde para receber a vacina”, informou a coordenadora do núcleo, Carla Cristina Ribeiro. Ela pediu também que os pais levem os filhos para tomar a segunda dose da vacina.

Nesta semana, o núcleo aplica a vacina em adolescentes que cumprem medidas socioeducativas na Unei (Unidade Educacional de Educação). Também já foram encaminhadas doses para serem aplicadas em internos da PED (Penitenciária Estadual de Dourados) e presídio semiaberto.

Santa Casa tem 21 pacientes aguardando resultado de exame para gripe
A Santa Casa de Campo Grande tem nesta segunda-feira cinco pacientes com gripe causada pelo vírus H1N1 internados em isolamento e outros 21 que aguar...
Mulher é internada com suspeita de gripe e morre no Hospital Regional
Uma mulher de 51 anos morreu na madrugada desta sexta-feira (27) no Hospital Regional Rosa Pedrossian, em Campo Grande, após ser internada. É aguarda...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions