ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, TERÇA  26    CAMPO GRANDE 28º

Interior

Na segunda, Reinaldo lança hospital para zerar fila de cirurgias eletivas

Antigo Hospital São Luiz será reativado para funcionar como unidade de cirurgias eletivas e vai atender pacientes da Grande Dourados

Por Helio de Freitas, de Dourados | 04/07/2015 12:50
O secretário de Saúde Sebastião Nogueira (centro) com diretores da Funsaud durante vistoria, neste sábado, no hospital que será reativado por Reinaldo (Foto: Eliel Oliveira)
O secretário de Saúde Sebastião Nogueira (centro) com diretores da Funsaud durante vistoria, neste sábado, no hospital que será reativado por Reinaldo (Foto: Eliel Oliveira)

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) lança segunda-feira (6) às 10h em Dourados, a 233 km de Campo Grande, o mutirão para zerar a fila de pessoas que esperam por cirurgia eletiva na cidade e nos municípios da região. Promessa de campanha do tucano, o mutirão será feito no prédio antigo Hospital São Luiz, alugado, reformado e equipado em parceria entre o Estado e a prefeitura.

O hospital de cirurgias eletivas vai funcionar no prédio do antigo Hospital São Luiz, localizado na Avenida Weimar Gonçalves Torres com Avenida Coronel Ponciano. Um dos sócios do São Luiz era o médico e atual deputado estadual George Takimoto (PDT). Pertencente aos herdeiros de um empresário da cidade, o espaço estava alugado para uma clínica particular, que fechou a unidade em Dourados.

Neste sábado, o Campo Grande News constatou que o prédio já começou a receber móveis e equipamentos. O secretário municipal de Saúde, Sebastião Nogueira, visitava o local acompanhado de diretores da Funsaud (Fundação de Saúde de Dourados).

Segundo o secretário, Reinaldo vem a Dourados para anunciar a concretização da parceria para a ativação do hospital de cirurgias e lançar o projeto que vai tentar acabar com a fila. Estima-se que na região quatro mil pessoas esperam por uma cirurgia eletiva – sem necessidade de urgência.

Agenda completa – Na segunda maior cidade de Mato Grosso do Sul, além do lançamento do hospital de cirurgias, Reinaldo cumpre outros compromissos na segunda-feira.

Às 8h30 ele concede entrevista coletiva na Escola Estadual Presidente Vargas, no centro, onde lança o AJ (Avanço Jovem na Aprendizagem), entrega kits de materiais escolares e uniforme e assina a ordem de serviço para construção da Escola Estadual Menodora Fialho de Figueiredo.

Ainda no hospital de cirurgias, Reinaldo vai assinar novos convênios do Hospital da Vida e da UPA (Unidade de Pronto Atendimento) de Dourados. Também entrega equipamentos hospitalares para atender órgãos de saúde do município e assina o termo de repasse de recursos da regionalização da saúde.

Douradina – No período da tarde, o governador vai a Douradina, cidade vizinha de Dourados, onde às 14h, no centro, assina ordem de serviço para restauração asfáltica de ruas do município, autoriza a licitação para reforma da Escola Estadual Barão do Rio Branco, entrega kits e uniforme para alunos da Rede Estadual de Ensino e repassa equipamentos hospitalares do programa “QualiSUS-Rede”.

Depois da agenda em Douradina, Reinaldo Azambuja volta a Dourados, onde às 16h30 entrega a obra do bloco G da Uems (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul), na Cidade Universitária, em frente ao aeroporto.

No mesmo local, às 18h, o governador participa como convidado da posse do vice-reitor da UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados), Márcio Eduardo Barros, e dos novos pró-reitores, diretores e vice-diretores da instituição. A posse será feita pela nova reitora, Liana Calarge, empossada quinta-feira à noite.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário