ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
ABRIL, DOMINGO  14    CAMPO GRANDE 23º

Interior

Reinaldo espera recursos federais para retomar Hospital de Dourados

Leonardo Rocha | 15/04/2015 10:30
Reinaldo diz que não desistiu da obra do Hospital Regional de Dourados (Foto: Fernando Antunes)
Reinaldo diz que não desistiu da obra do Hospital Regional de Dourados (Foto: Fernando Antunes)

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) afirmou que não desistiu do Hospital Regional de Dourados, apenas suspendeu a obra para dar prioridades a outras ações de saúde, que possam ter soluções mais imediatas. Ele ressaltou que espera recursos federais, através de convênio com o Ministério da Saúde, para depois continuar o projeto.

“O convênio com o Ministério da Saúde que assegurava a construção foi cancelado pelo meu antecessor, por isso a suspensão da obra”, disse o tucano. Ele ressaltou que o governo estadual tem mantido contato com a bancada federal para tentar reaver recursos para o retorno da obra.

De acordo com o governador, para primeira etapa da obra estariam previstos R$ 17 milhões do Ministério da Saúde. “Temos a consciência da importância de um projeto deste porte, porém a decisão de construí-lo não deve ser feita de forma rápida e aleatória como anteriormente.”, explicou o secretário estadual de Saúde, Nelson Tavares.

O titular da pasta ainda salientou que a obra será debatida na região de Dourados, para que possa atender justamente a necessidade da população. Como ação imediata, o governador em parceria com a prefeitura de Dourados, resolveu alugar e utilizar a estrutura que já está pronta do Hospital São Luiz, para agilizar os atendimentos e cirurgias eletivas na região.

Reinaldo explicou que nestes casos a saúde “pede urgência” e que a solução mais prática seria justamente adquirir os equipamentos que já estão instalados no hospital, mas não estavam operando. O governador estipulou que o aluguel deste local iria variar de R$ 20 mil a R$ 25 mil por mês. Ficando ao secretário municipal de Saúde de Dourados, Sebastião Nogueira, a negociação para colocar este projeto em andamento.

Nos siga no Google Notícias