A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 18 de Outubro de 2019

24/09/2019 13:56

Nove policiais paraguaios são presos por dar proteção ao narcotráfico

Entre os presos estão policiais que atuam em Pedro Juan Caballero, cidade vizinha de Ponta Porã

Helio de Freitas, de Dourados
Três dos policiais a serviço do crime, presos hoje no Paraguai (Foto: ABC Color)Três dos policiais a serviço do crime, presos hoje no Paraguai (Foto: ABC Color)

Nove policiais paraguaios foram presos nesta terça-feira (24) acusados de darem proteção para narcotraficantes. Acusados de receber de 200 mil a 400 mil dólares, eles são alvos da Operação Dignidade, comandada pelos promotores Hugo Volpe, Alicia Sapriza, Fabiola Molas, Armando Cantero e Marco Amarilla.

Entre os policiais presos estão agentes com atuação em Pedro Juan Caballero, cidade vizinha de Ponta Porã (MS), a 323 km de Campo Grande e uma das principais bases do crime organizado instalado no Paraguai.

Os mandados de busca e de prisão foram cumpridos simultaneamente desde as primeiras horas do dia. Equipes da própria Polícia Nacional, do Ministério do Interior e da Senad (Secretaria Nacional Antidrogas) acompanham os promotores.

Detalhes da operação foram divulgados em coletiva de imprensa pelo promotor adjunto da luta contra o narcotráfico Marco Alcaraz e pelos ministros da Senad Arnaldo Giuzzio e do Interior Ernesto Villamayor.

A operação contra os policiais surgiu após apreensões de grandes carregamentos de cocaína. Em janeiro deste ano, 371 quilos da droga foram apreendidos. No mês seguinte, mais 2.200 quilos e mais 378 quilos apreendidos no mês passado, totalizando três toneladas da droga.

Segundo os chefes da operação de hoje, todos os carregamentos pertenciam à mesma quadrilha. Os policiais presos são acusados de receber altas quantias em dinheiro para blindar a quadrilha e dificultar o trabalho de repressão à atividade criminosa.

Os policiais presos são o comissário Edelio Celso Loreiro Garcia, os subcomissários Pedro Molinas e Ruben Dario Duarte Jacket e os policiais Venancio Bolaños Torres, Mario Figueroa Velázquez, Carlos Ever Navarro Morales, Pablo Cesar Morales, Luis Carlos Gomez Santacruz e Sebastian Ramón Silva.

Além de Pedro Juan Caballero, os mandados foram cumpridos na capital Assunción e nas cidades de Puentesinho, Concepción e San Carlos.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions