ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, SÁBADO  19    CAMPO GRANDE 15º

Interior

Ordem é acelerar obra do Hospital Regional, afirma Eduardo Riedel

Secretário de Infraestrutura se reuniu com prefeito para ouvir demandas de Dourados

Por Helio de Freitas, de Dourados | 17/05/2021 12:16
Alan Guedes (centro) ao lado de Eduardo Riedel e Sérgio de Paula (Foto: Leandro Silva/Assecom)
Alan Guedes (centro) ao lado de Eduardo Riedel e Sérgio de Paula (Foto: Leandro Silva/Assecom)

O secretário estadual de Infraestrutura Eduardo Riedel disse hoje (17) que a ordem do governador Reinaldo Azambuja é para acelerar a obra do Hospital Regional de Dourados, construído na margem da BR-463, na saída para Ponta Porã.

Acompanhado dos secretários de Saúde Geraldo Resende e de Governo Sérgio de Paula, se reuniu de manhã com o prefeito Alan Guedes (PP) e com vereadores. Agora à tarde, eles entregam equipamentos para ativação de dez leitos de UTI no HU (Hospital Universitário).

“As obras do hospital têm andado bem, mas é uma relação sempre delicada. Vivemos momento de aumento de preços de material de construção civil, realinhamento sendo cobrado por parte dos empreiteiros, mas é natural, temos de fazer tudo com muita tranquilidade e transparência”, afirmou Riedel.

Apesar dessas dificuldades, segundo ele, a prioridade é acelerar a obra. “A ordem é acelerar para entregar a obra do hospital, que é apenas um pedaço da história. Depois temos de gerenciar e equipar o hospital. O secretário Geraldo já está trabalhando para equipar e operar o hospital”, disse o secretário de Infraestrutura, sem estipular prazo para a conclusão.

Além das outras obras feitas pelo Governo do Estado em Dourados – entre as quais o recapeamento das ruas do quadrilátero central, a sede do DOF e a elaboração do projeto para duplicar a Avenida Coronel Ponciano – Riedel disse que veio a Dourados para ouvir outras demandas da cidade.

“Existe volume importante de recursos do Governo do Estado sendo aplicado em Dourados, mas é preciso ouvir prefeito e vereadores em relação aos novos planejamentos daquilo que é prioridade, para colocar em fase de projetos, de licitação. São procedimentos naturalmente lentos no serviço público, por isso temos de nos antecipar”, afirmou Eduardo Riedel.

Obra do Hospital Regional de Dourados, na margem da BR-463 (Foto: Helio de Freitas)
Obra do Hospital Regional de Dourados, na margem da BR-463 (Foto: Helio de Freitas)


Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário