A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 20 de Setembro de 2017

18/08/2017 12:13

Pais de irmãos desaparecidos após abordagem são ouvidos no DOF

Familiares pediram ajuda ao Corpo de Bombeiros para fazer buscas; boato sobre corpos hoje levou irmã dos rapazes ao IML

Helio de Freitas, de Dourados
Os irmãos Rodney e Edney estão desaparecidos há seis dias (Foto: Reprodução/Facebook)Os irmãos Rodney e Edney estão desaparecidos há seis dias (Foto: Reprodução/Facebook)

Os pais de Rodney Campos dos Santos, 27, e Edney Bruno Ortiz Amorim, 20, desaparecidos desde sábado (12) em Ponta Porã, a 323 km de Campo Grande, foram chamados para prestar depoimento hoje (18) na sede do DOF (Departamento de Operações de Fronteira) em Dourados.

Eles vão ser ouvidos pelo major que conduz o IPM (Inquérito Policial Militar) instaurado quarta-feira (16) diretor do DOF, coronel PM Kleber Haddad Lane, para apurar o caso. Os irmãos foram vistos pela última vez em uma abordagem feita por quatro policiais do DOF em frente a um posto de combustíveis na saída para Antônio João, entre 11h40 e meio-dia de sábado (12).

Vídeo da câmera de segurança do posto mostra o momento em que Rodney é levado para a viatura, que deixa o local seguida pelo Golf, onde estavam três outros três policiais e Edney, no banco de trás.

Outro vídeo, gravado possivelmente pela câmera de segurança de um frigorífico na margem da MS-164, mostra a viatura do DOF seguindo em direção ao distrito Nova Itamarati – antigo assentamento de mesmo nome. Logo atrás aparece o Golf preto.

Boato sobre corpos – Um parente dos irmãos desaparecidos contou ao Campo Grande News que a irmã e primos dos rapazes foram nesta sexta-feira ao IML (Instituto Médico Legal) de Ponta Porã após serem informados que dois corpos teriam sido encontrados na região do distrito Nova Itamarati, mas foi apenas um boato.

Esse parente disse também que familiares estão se organizando para fazer buscas ainda hoje na região onde o carro e a viatura foram gravados no último vídeo. “Vamos fazer buscas hoje nas proximidades da represa que tem na Itamarati”, afirmou.

Versão dos policiais – Ao Campo Grande News, o diretor do DOF, coronel PM Kleber Haddad Lane, disse ontem que os policiais ainda não foram ouvidos no IPM instaurado, mas em declarações informais teriam dito que liberaram os irmãos logo em seguida.

“Não foram ouvidos ainda, mas a princípio disseram que saíram dali da linha de fronteira, que atrapalhava até a comunicação, para fazer a checagem deles, para uma averiguação mais profunda, mais detalhada, em outro ponto e depois liberaram em função de outra ocorrência”, afirmou o coronel.

O posto onde os irmãos foram abordados fica na saída de Ponta Porã para o distrito Nova Itamarati e para o município de Antônio João. O Golf preto que era usado por eles foi encontrado ainda no sábado no bairro Defensores del Chaco, em Pedro Juan Caballero, a cem metros da Linha Internacional, na saída para Dourados – do outro lado da cidade.

O carro continua apreendido na Polícia Nacional do Paraguai. Sobre o banco traseiro foi encontrado um boné vermelho, semelhante ao usado por Rodney no momento em que o rapaz foi colocado na viatura.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions