A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 21 de Setembro de 2017

16/08/2017 21:50

Inquérito sobre sumiço de irmãos na fronteira é transferido para a Capital

Os dois estão desaparecidos e foram vistos pela última vez no sábado, durante abordagem feita pelo DOF na fronteira

Nyelder Rodrigues, Marta Ferreira e Helio de Freitas, de Dourados
Irmãos desapareceram após abordagem feita pelo DOF na fronteira (Foto: Reprodução/Facebook)Irmãos desapareceram após abordagem feita pelo DOF na fronteira (Foto: Reprodução/Facebook)

O desaparecimento dos irmãos Rodney Campos dos Santos, de 27 anos, e Edney Bruno Ortiz Amorim, de 20, vistos pela última vez no sábado (12) durante abordagem de equipe do DOF (Departamento de Operações da Fronteira), deverá ser transferida para a DEH (Delegacia Especializa de Repressão aos Crimes de Homicídios).

Por enquanto, o caso era tratado pela Polícia Civil, sendo o caso comandado pelo delegado Rodolfo Daltro. Porém, por determinação da Sejusp (Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública), ele irá para a DEH.

"Tão logo tomei conhecimento, determinei ao delegado geral [Marcelo Vargas] da Polícia Civil para que avoque o inquérito e possa as as investigações ser conduzidas pelo setor de pessoas desaparecidas da delegacia especializada de homicídios da Capital", explica o chefe da Sejusp, José Carlos Barbosa.

O secretário ainda informa que, como esteve o dia todo em reunião no Ministério da Justiça, não pôde acompanhar mais de perto do caso, não podendo também dar mais detalhes sobre o desaparecimento.

Além de Barbosa, o Marcelo Vargas confirmou nesta noite que o inquérito será cuidado pela DEH em Campo Grande. O delegado titular da Homicídios é Márcio Oshiro Obara, mas ainda não há dados se o caso pode ser investigado por algum auxiliar.

Policiais afastados - Em nota publicada nesta quarta-feira (16), o comandante do DOF, coronel Kleber Haddad Lane, confirma a abertura de inquérito militar para apurar a situação e o afastamento dos policiais.

Eles foram filmados por câmera de segurança de um posto, em Ponta Porã - cidade localizada a 323 km de Campo Grande -, abordando os irmãos, que estavam em um Golf, de cor preta. Depois, eles também foram vistos levando a dupla e o carro.

A gravação data de sábado (12), por volta do meia-dia. Depois daquilo, Rodney, que tem passagens por tráfico de drogas e estava em liberdade condicional, e Edney, que não tinha passagens pela polícia, não foram mais vistos.

O carro em que estavam também sumiu, sendo encontrado apenas nesta quarta em Pedro Juan Caballero, no Paraguai. A família registrou o desaparecimento dos jovens na terça-feira (15) e diz que o Golf pertencia aos irmãos.

*atualizado às 23h para acréscimo de informações




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions