A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 23 de Setembro de 2017

17/08/2017 13:06

PMs alegam que liberaram irmãos, mas novo vídeo mostra carros na estrada

Gravação mostra viatura do DOF na estrada de acesso ao distrito Nova Itamarati; logo atrás aparece o Golf preto

Helio de Freitas, de Dourados
Coronel Kleber Haddad Lane, diretor do DOF, disse que irmãos não foram presos (Foto: Helio de Freitas)Coronel Kleber Haddad Lane, diretor do DOF, disse que irmãos não foram presos (Foto: Helio de Freitas)

Informalmente, os quatro policiais militares lotados no DOF (Departamento de Operações de Fronteira) declararam que logo após a abordagem liberaram os irmãos Rodney Campos dos Santos, 27, e Edney Bruno Ortiz Amorim, 20, desaparecidos desde sábado (12) em Ponta Porã, a 323 km de Campo Grande.

Os dois foram abordados em frente a um posto de combustíveis na saída para Antônio João, entre 11h40 e meio-dia de sábado (12). Vídeo da câmera de segurança do posto mostra o momento em que Rodney é levado para a viatura, que deixa o local seguida pelo Golf, onde estavam três outros três policiais e Edney, no banco de trás.

Ao Campo Grande News, o diretor do DOF, coronel PM Kleber Haddad Lane, disse nesta quinta-feira (17) que os policiais ainda não foram ouvidos no IPM (Inquérito Policial Militar) instaurado ontem, mas em declarações informais teriam dito que liberaram os irmãos logo em seguida.

“Não foram ouvidos ainda, mas a princípio disseram que saíram dali da linha de fronteira, que atrapalhava até a comunicação, para fazer a checagem deles, para uma averiguação mais profunda, mais detalhada, em outro ponto e depois liberaram em função de outra ocorrência”, afirmou o coronel.

Segundo ele, a ocorrência não foi oficializada, já que os irmãos não teriam sido presos, mas apenas abordados. “Não foi registrada a ocorrência porque eles não foram presos, não houve voz de prisão para eles, não foram algemados. Foram conduzidos, de uma maneira errada”.

Na estrada – Entretanto, um novo vídeo ao qual o Campo Grande News teve acesso nesta quinta-feira, contraria a versão informal dos policiais de que os irmãos foram liberados após a abordagem.

Gravado possivelmente pela câmera de segurança de um frigorífico na margem da MS-164, o vídeo mostra a viatura do DOF seguindo em direção ao distrito Nova Itamarati – antigo assentamento de mesmo nome. Logo atrás aparece o Golf preto.

O posto onde os irmãos foram abordados fica na saída de Ponta Porã para o distrito Nova Itamarati e para o município de Antônio João. O Golf preto foi encontrado ainda no sábado no bairro Defensores del Chaco, em Pedro Juan Caballero, a cem metros da Linha Internacional, na saída para Dourados – do outro lado da cidade.

O carro, que está apreendido na Polícia Nacional do Paraguai, estava com o interior todo sujo. Sobre o banco traseiro foi encontrado um boné vermelho, semelhante ao usado por Rodney no momento em que o rapaz foi colocado na viatura.

“Falaram informalmente que liberaram os dois, mas não falaram em que ponto isso ocorreu. Isso vai ser dito durante o Inquérito Policial Militar”, afirmou Kleber Haddad Lane.

O inquérito está sendo conduzido por um major lotado no próprio DOF, que tem 30 dias para a conclusão. Os quatro policiais foram afastados das atividades até a conclusão da investigação.

Farda azul – O coronel Haddad explicou também o fato de um dos policiais envolvidos na abordagem estar usando farda azul, diferente do uniforme preto usado pelo DOF: “É um policial do DOF que estava de farda azul petróleo porque está em estágio probatório de 15 dias. Nesse caso o policial permanece com essa farda até se tornar apto para trabalhar no departamento”.




Hoje em dia tem câmera para todos os lados. Quanto mais falarem, mesmo que informalmente, mais vão se complicar depois.
 
Alex André de Souza em 17/08/2017 13:28:38
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions