ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, SEGUNDA  10    CAMPO GRANDE 21º

Interior

PM é encontrado morto, 2º caso tratado como suicídio em três dias

Policial que atuava em Figueirão deixou carta de despedida aos colegas

Por Clayton Neves | 13/07/2020 07:09
Iago Kammler tinha 26 anos e há 4 era soldado da Polícia Militar. (Foto: Divulgação)
Iago Kammler tinha 26 anos e há 4 era soldado da Polícia Militar. (Foto: Divulgação)

Soldado da Polícia Militar, Iago Kammler, de 26 anos, foi encontrado morto na noite deste sábado (12) na casa onde ele morava em Figueirão, distante 226 quilômetros de Campo Grande. Antes de morrer, o militar enviou uma mensagem de despedida aos colegas de profissão, onde pedia que eles continuasse “lutando contra o mal”. O caso é tratado como suicídio.

Em publicações nas redes sociais, PMs retrataram Kammler como “policial militar dedicado, apaixonado pela profissão e destemido”. “Sua imagem sempre viverá entre nós; policiais militares”, publicou a 4° Companhia Independente de Polícia Militar.

O órgão também negou que a causa da morte tenha sido suposta desavença envolvendo o militar, conforme hipótese levantada por moradores.

2º caso - Este o segundo caso investigado como suicídio envolvendo agente da Polícia Militar de Mato Grosso do Sul. Na última quinta-feira (9),  O cabo Hudson Vieira Duarte, de 43 anos, foi encontrado morto na casa onde morava, no Jardim Anache, em Campo Grande.