A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 14 de Outubro de 2019

08/07/2019 15:55

Polícia apreendeu R$ 8,1 mil na casa de investigado em operação do Gaeco

Greberson Rodrigues dos Santos, de 45 anos, foi um dos presos durante ação da polícia

Clayton Neves e Geisy Garnes
Armas, documentos e munições apreendidas dentro da viatura da polícia (Foto: O Pantaneiro)Armas, documentos e munições apreendidas dentro da viatura da polícia (Foto: O Pantaneiro)

Durante operação de combate ao tráfico de drogas e corrupção policial, a polícia apreendeu munições e R$ 8,1 em dinheiro na casa de Greberson Rodrigues dos Santos, de 45 anos, em Aquidauana, distante 135 quilômetros de Campo Grande. Contra ele havia um mandado de busca e apreensão, no entanto, após a descoberta o investigado foi preso em flagrante.

De acordo com informações do boletim de ocorrência, equipe da Polícia Militar chegou por volta das 6 horas à casa do suspeito, no bairro Paraíso, para cumprir mandado de busca e apreensão expedido pela 7ª Vara Criminal da Capital. Os militares foram recebidos por Greberson, que autorizou a entrada dos agentes na presença de duas testemunhas.

Após vistoria no local, os PMs encontraram munições de calibre 22, além de R$ 8.113 em espécie. Ele foi conduzido junto com as munições para a Delegacia de Polícia Civil da cidade, onde o caso foi registrado. O dinheiro foi encaminhado para o Gaeco.

No dia 22 de novembro de 2014, Greberson e outros dois homens foram presos na Estrada do Taboco, na BR-419, depois de serem flagrados com armas, munições e animais silvestres abatidos. Com o trio foram apreendidos dois porcos, uma carabina calibre 38, um silenciador de metal, dois facões, cinco facas, duas chaires, seis munições de calibre 38, 49 munições calibre 22 e uma carabina calibre 22 modificada para 38.

Operação - A operação Balcão de Negócios, apreendeu 23 armas, documentos e diversas munições numa residência em Aquidauana, distante 135 quilômetros de Campo Grande. Parte das munições apreendidas de calibre 12 foi encontrada dentro do guarda-roupas de um dos alvos.

A ação desencadeada pelo Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado), com apoio do Bope (Batalhão de Operações Policiais Especiais) e da Corregedoria da Polícia Civil, já cumpriu vários mandados de prisão. Entre os presos estão, Matheus Oliveira, filho da advogada Mary Stella Martins de Oliveira, Aires Batista Vilalba, advogado e perito forense aposentado, além dos policiais Gil Emerson Vasconcelos Santana e Paulo César dos Reis, da 1ª DP (Delegacia de Polícia).

No total, são cumpridos 27 mandados, sendo 12 de prisão preventiva, quatro de prisão temporária e onze de busca e apreensão nos dois municípios.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions