ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, TERÇA  20    CAMPO GRANDE 22º

Interior

Polícia caça em duas cidades o chefe da pistolagem na fronteira

A mando de traficante brasileiro, Marcio Ariel Sánchez Giménez, o Aguacate, subcontratou pistoleiro para matar vereador paraguaio

Por Helio de Freitas, de Dourados | 15/03/2018 11:01
Paraguaio Marcio Giménez é apontado como chefe dos pistoleiros que agem na linha internacional entre MS e Amambay (Foto: ABC Color)
Paraguaio Marcio Giménez é apontado como chefe dos pistoleiros que agem na linha internacional entre MS e Amambay (Foto: ABC Color)

Uma força-tarefa da Polícia Nacional e do Ministério Público do Paraguai faz buscas em Pedro Juan Caballero e Capitán Bado, duas cidades paraguaias vizinhas de Mato Grosso do Sul, na caçada a Marcio Ariel Sánchez Giménez, 29, o “Aguacate”, que em português significa abacate.

Aguacate é apontado como o chefe dos sicários, como são chamados na fronteira os criminosos que são pagos para cometer assassinatos. O pistoleiro Carlos Armoa Escobar, 27, preso terça-feira (13), confessou ter recebido R$ 10 mil de Aguacate para matar o vereador Cristóbal Machado Vera.

O político do Partido Colorado foi executado em frente a seu lava-rápido na sexta-feira (9) em Capitán Bado, cidade paraguaia vizinha de Coronel Sapucaia (MS), a 400 km de Campo Grande.

Segundo autoridades paraguaias, Aguacate foi contratado por um traficante brasileiro por R$ 50 mil para matar o vereador.

Cristóbal, que além de político e comerciante era fornecedor de maconha, vendeu uma carga da droga para o brasileiro, recebeu adiantado e teria informado a Senad (Secretaria Nacional Antidrogas) sobre o carregamento.

A maconha foi apreendida antes de chegar a Pedro Juan Caballero. Em retaliação, o brasileiro, cuja identidade é mantida em sigilo, mandou executar o vereador.

Nesta quarta-feira (14), três buscas foram feitas simultaneamente em Pedro Juan Caballero para tentar prender Aguacate, mas ele não foi localizado.

Durante as buscas, chefiadas pelo promotor Martín Areco, foi encontrada uma pistola calibre 9 milímetros, munições de escopeta e placas de carros brasileiros.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário