A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 21 de Setembro de 2017

08/03/2015 10:20

Polícia fecha ponto de droga que faturava mais de R$ 2 mil por dia

Priscilla Peres

Policiais da Agência Local de Inteligência e do Getam, fecharam um ponto de droga que faturava mais de R$ 2 mil por dia e tinha ligação com o PCC (Primeiro Comando da Capital). A “boca de fumo” era comandada por uma jovem de 23 anos e seu esposo, de dentro da Penitenciária Estadual de Dourados – distante 233 km da Capital.

Na tarde de ontem, os policiais prenderam a mulher no Jardim Piratininga, com 60 gramas de crack. Em frente a sua casa, foi abordado uma pessoa que estava com uma pedra de crack e disse ter comprado com ela.

Dentro da residência os policiais apreenderam R$ 1.370 em dinheiro. Ela foi encaminhada à delegacia e confessou que em sua casa funcionava um ponto de venda de drogas.

Enquanto prestava depoimento, o celular da jovem recebia várias mensagens enviadas pelo marido, que está preso. De dentro da cadeia, ele pedia para a mulher depositar dinheiro em contas bancárias de pessoas que supostamente pertencem ao comando PCC.

Ela depositava cerca de R$ 2 mil por dia nas contas informadas pelo marido. O dinheiro vinha da venda das drogas que comercializava, para isso, todo o final de tarde recebia uma certa quantia de drogas para vender no período da noite e durante o dia seguinte.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions