ACOMPANHE-NOS    
JANEIRO, QUINTA  27    CAMPO GRANDE 26º

Interior

Polícia Federal fecha rádio “pirata” e dono de emissora é preso em flagrante

Rádio clandestina funcionava 24 horas por dia em Naviraí; equipamentos foram apreendidos

Por Helio de Freitas, de Dourados | 26/11/2021 16:41
Estúdio da rádio clandestina fechada hoje em Naviraí (Foto: Divulgação)
Estúdio da rádio clandestina fechada hoje em Naviraí (Foto: Divulgação)

Emissora de rádio “pirata” foi fechada nesta sexta-feira (26) em Naviraí, cidade a 366 km de Campo Grande, na região sul de Mato Grosso do Sul. O dono da FM clandestina foi preso em flagrante pela Polícia Federal e os equipamentos apreendidos.

Os policiais iniciaram a investigação após denúncia anônima de que a rádio “pirata” estaria operando em determinada frequência, sem autorização da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações).

Em nota enviada pela assessoria de comunicação, a PF informou que a fiscalização culminou na prisão do proprietário da emissora. Ele confessou ser o responsável pela operação da rádio e acatou as ordens da equipe policial para encerramento imediato das transmissões, que ocorriam 24 horas por dia.

A Polícia Federal reforça que a Anatel é responsável pelo controle e autorização da atividade de telecomunicações e que a emissão de sinais clandestinos pode causar diversos problemas nos sistemas formais de comunicação.

O dono da emissora clandestina foi conduzido pela à delegacia da Polícia Federal em Naviraí e autuado em flagrante. Desenvolver clandestinamente atividades de telecomunicação pode render pena de dois a quatro anos de prisão e multa.

A Polícia Federal em Naviraí disponibiliza telefones (67) 3409-4200 e (67) 98194-9941 (Whatsapp) para denúncias e garante o anonimato do denunciante.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário