ACOMPANHE-NOS    
MAIO, SEGUNDA  10    CAMPO GRANDE 21º

Interior

Polícia resgata adolescente que teve mãe e irmã executadas

Existia risco que assassino fosse até casa da família para matar única sobrevivente, de 12 anos

Por Helio de Freitas, de Dourados | 04/05/2021 10:29
Naila Vitória Rodrigues foi morta quando chegava ao local de trabalho (Foto: Reprodução)
Naila Vitória Rodrigues foi morta quando chegava ao local de trabalho (Foto: Reprodução)

Adolescente de 12 anos que teve a mãe e a irmã assassinadas a tiros nesta terça-feira (4) em Ponta Porã (a 323 km de Campo Grande), foi resgatada por policiais e entregue aos cuidados de servidores do serviço social do município. Existia risco de que o autor da dupla execução tentasse matar também a menina.

Ela é irmã de Naila Vitória Rodrigues, 20, e filha de Erika Rodrigues Salomão, 39, executadas com intervalo de dez minutos, hoje de manhã. O principal suspeito é o ex-marido de Naila, Antônio César Cavalheiro Soares, dono de auto elétrica em Ponta Porã.

Funcionária do Hospital Regional de Ponta Porã, localizado na Rua Baltazar Saldanha, Naila foi morta a tiros quando chegava de moto ao local de trabalho.

Erika Salomão trabalhava no setor de frutas e verduras da loja 2 do Supermercado Sol, na Avenida Urumbela, na Vila Maria Auxiliadora, a 1,1 km do hospital. Ela arrumava as gôndolas de verduras quando o criminoso se aproximou e a executou com tiros na cabeça.

Antônio é conhecido na cidade pelo histórico de violência e já tinha sido denunciado à polícia por Naila Vitória. A mulher tinha um filho pequeno, mas ainda não há informação se a criança era do relacionamento com Antônio. O eletricista está sendo procurado por policiais da fronteira.

de Erika Rodrigues Salomão, que foi morta logo após a filha, hoje em Ponta Porã (Foto: Reprodução)
de Erika Rodrigues Salomão, que foi morta logo após a filha, hoje em Ponta Porã (Foto: Reprodução)


Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário