A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

18/08/2016 08:31

Por ordem da Justiça, PF faz prisões de envolvidos em ataque a índios

Um índio morreu e seis ficaram feridos a tiros durante confronto no dia 14 de junho após invasão da fazenda Yvu, em Caarapó

Helio de Freitas, de Dourados
Índios na fazenda onde ocorreu o ataque, em junho (Foto: Helio de Freitas)Índios na fazenda onde ocorreu o ataque, em junho (Foto: Helio de Freitas)

Mandados de busca e apreensão e de prisões foram cumpridos pela Polícia Federal na manhã de hoje (18) em Caarapó, município a 283 km de Campo Grande. As ordens determinadas pela Justiça são relacionadas às investigações sobre o ataque contra índios que invadiram a fazenda Yvu, no dia 14 de junho deste ano.

Naquele dia, seis índios ficaram feridos e o agente de saúde Clodiodi de Souza, 26, morreu a tiros. Os índios acusaram fazendeiros da região de promoverem o ataque armado. Clodiodi foi enterrado na fazenda, uma das 11 propriedades atualmente ocupadas pelos índios nos arredores da aldeia Tey Kuê.

Em nota divulgada nesta manhã pela assessoria, a Polícia Federal informou sobre o cumprimento das ordens de busca e apreensão e prisões, expedidas pela Justiça Federal em Dourados, mas não revelou detalhes.

A PF só informou que o cumprimento das medidas tem relação com as investigações do confronto entre produtores rurais e indígenas ocorrido no dia 14 de junho.

De acordo com a PF, o inquérito policial instaurado pela delegacia de Dourados para investigar os fatos deve ser concluído na próxima semana, com o indiciamento dos responsáveis.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions