A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 22 de Outubro de 2019

30/06/2019 14:42

Prática proibida, uso de cerol em linha de pipa leva rapaz para a cadeia

Flagrado pela PM acabou preso por resistência e desobediência; leis estaduais proíbem uso de linhas cortantes

Humberto Marques

Um rapaz de 24 anos foi preso neste domingo (30) em Corumbá –a 419 km de Campo Grande– por usar cerol em uma linha de pipa. A prática é proibida por lei, levando ao flagrante executado pela Força Tática da Polícia Militar.

Os fatos, conforme o Diário Corumbaense, ocorreram na região do Guanã, parte alta de Corumbá. Ao ser encontrado pela PM, o autor correu em direção a uma residência, mas acabou preso após resistir.

Moradores da residência chegaram a hostilizar os policiais, mas se dispersaram em seguida. O preso foi encaminhado à 1ª Delegacia de Polícia Civil, onde foi registrado boletim de ocorrência por resistência e desobediência.

A lei estadual 3.436, de 19 de novembro de 2007, proíbe o uso de cerol ou outros materiais cortantes em linhas de pipas e similares, com aplicação de multa e responsabilização. Já a lei 5.111/2017 proíbe a venda da linha chilena.

Os materiais representam risco para quem usa e terceiros –com constantes relatos de motociclistas degolados pelo uso de linhas cortantes–, bem como para a fauna, com animais, incluindo aves, sendo feridas pelos materiais. A PM e autoridades locais podem ser acionadas para o cumprimento das legislações.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions