ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, SÁBADO  26    CAMPO GRANDE 29º

Interior

Prefeita troca secretário de Saúde pela segunda vez na pandemia

Presidente do núcleo de combate ao coronavírus foi anunciado para o cargo

Por Helio de Freitas, de Dourados | 10/08/2020 11:43
O médico Frederico de Oliveira Weissinger, que assume Secretaria de Saúde (Foto: Divulgação)
O médico Frederico de Oliveira Weissinger, que assume Secretaria de Saúde (Foto: Divulgação)

Pela segunda vez durante a pandemia do novo coronavírus e pela quinta durante o mandato, a prefeita Délia Razuk (PTB) trocou o titular da Secretaria de Saúde de Dourados, cidade a 233 km de Campo Grande.

Nesta segunda-feira (10), ela anunciou a substituição do médico intensivista Gecimar Teixeira pelo médico especialista em urgência e emergência Frederico de Oliveira Weissinger. Gecimar ficou um mês no cargo.

Ele havia sido nomeado no início de julho no lugar da então secretária Berenice Machado de Souza, demitida uma semana antes de ser alvo da Operação Contágio, do Ministério Público de Mato Grosso do Sul, que investiga esquema envolvendo dispensa fraudulenta de licitação para compras de produtos e equipamentos voltados a enfrentar a covid-19.

Através da assessoria de imprensa, Délia Razuk anunciou que a troca do titular da Saúde anunciada hoje ocorre “em função da necessidade de contar com o trabalho intensivista do médico Gecimar Teixeira nas unidades de terapia intensiva”.

Além disso, segundo a prefeita, a medida atende à legislação que exige dedicação exclusiva dos ocupantes de cargos e funções de chefia, direção e assessoramento.

Frederico Weissinger pertence ao quadro de servidores efetivos do município e preside o Núcleo Técnico de Apoio e Combate ao Coronavírus.

“Com esta decisão a prefeita atende à demanda de buscar mais mobilidade ao gestor da saúde”, afirma a prefeitura. Ainda segundo a assessoria de Délia Razuk, a mudança dá a Gecimar Teixeira liberdade para exercício da medicina. Em junho, ele passou vários dias na UTI em estado grave, após ser infectado pela covid-19.

Regras de comentário