A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 22 de Junho de 2018

12/01/2018 15:23

Prefeitura avalia há 5 meses pedido de alta do passe de ônibus para R$ 3,66

Viação Dourados afirma que valor cobrado hoje, de R$ 3, está congelado há 30 meses; prefeitura sinaliza para concessão da majoração

Humberto Marques
Viação Dourados alega que serviço de transporte coletivo é prestado há 30 meses sem que tarifa fosse reajustada. (Foto: Prefeitura de Dourados/Divulgação)Viação Dourados alega que serviço de transporte coletivo é prestado há 30 meses sem que tarifa fosse reajustada. (Foto: Prefeitura de Dourados/Divulgação)

A Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito) de Dourados –a 233 km de Campo Grande– avalia pedido apresentado pela concessionária do serviço de transporte coletivo urbano para reajustar o valor do passe de ônibus em 22%, elevando de R$ 3 para R$ 3,66 o custo do serviço para os usuários. O pedido foi apresentado em agosto de 2017, e segue em tramitação até o momento, mas a tendência é de que seja autorizada alguma majoração.

Ao apresentar a solicitação, a Viação Dourados argumentou que a tarifa está congelada há 30 meses. Em dezembro, foi realizada audiência pública sobre o reajuste, cuja viabilidade é agora analisada por técnicos da Agetran.

Carlos Fábio Selhorst dos Santos, diretor-presidente da Agetran, afirma que a solicitação da Viação Dourados se baseia no aumento dos custos para manutenção do serviço nesse período em que a tarifa não teve aumentos. O contrato de concessão firmado com a empresa, em 2015, prevê o aumento.

No pedido, a concessionária afirma que, ao longo de 30 meses,os custos variáveis do serviço (como combustíveis, lubrificantes, peças e rodagem) subiram 22%. Já o salário dos funcionários, despesas administrativas e gastos com depreciações aumentaram 11%. A Viação Dourados também pede que seja considerado o número de passageiros pagantes e quilômetros rodados das linhas.

Gratuidades – As linhas de ônibus em Dourados atendem a três categorias de passageiros: passagem integral, gratuidade parcial (meia passagem) e gratuidade integral.

A assessoria da prefeitura informou que a NTU (Associação Nacional das Empresas de Transportes Urbanos) colocada Dourados entre os mais elevados índices no aspecto de passageiros que utilizam o transporte público com total gratuidade. Enquanto a média nacional é de 22%, Dourados registra 42%, o que também impacta nos custos em um todo.

“A solicitação [do reajuste] está prevista em contrato e a empresa já havia proposto no ano passado, porém, a administração municipal conseguiu um maior tempo para essa ação, tendo em vista um delicado momento financeiro no geral. No entanto, o desequilíbrio financeiro precisa ser corrigido e os esforços se concentram para que a correção do valor seja a mais justa possível”, destacou Carlos Fábio.

Após a análise da Agetran ser finalizada, o valor da tarifa será publicado no Diário Oficial de Dourados.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions