ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
MARÇO, DOMINGO  03    CAMPO GRANDE 27º

Interior

Prefeitura vacina idosos acima de 76 anos amanhã no drive-thru dos bombeiros

Não é preciso agendar horário e idosos devem apenas apresentar documentos e Cartão SUS

Helio de Freitas, de Dourados | 16/03/2021 14:34
Drive-thru onde idosos de 76 anos acima vão receber vacina (Foto: Divulgação)
Drive-thru onde idosos de 76 anos acima vão receber vacina (Foto: Divulgação)

Idosos douradenses com 76 anos acima poderão procurar amanhã (17) o drive-thru instalado no Corpo de Bombeiros para receber a vacina contra a covid-19. A vacinação será feita por equipes da Secretaria Municipal de Saúde e não será preciso agendar horário. O drive-thru funciona no quartel dos bombeiros, na Avenida Presidente Vargas.

Conforme a prefeitura, para receber a vacina os idosos dessa faixa etária devem apresentar documentos pessoais como RG, CPF e o Cartão SUS. “É importante que todos mantenham as medidas de biossegurança para diminuir o risco de contágio da doença tanto entre os trabalhadores de saúde quanto entre a população”, afirmou o secretário interino de Saúde Edvan Marcelo de Moraes.

Segundo ele, quem tiver carteira de vacinação pode levar, mas a apresentação não é obrigatória. Os idosos serão vacinados sem precisar descer do veículo.

O agente de saúde irá com a dose até o carro e após conferir os documentos aplica a vacina. A prefeitura pediu que os motoristas redobrem os cuidados no trânsito nas imediações. A Agetran (Agência Municipal de Trânsito) e o próprio Corpo de Bombeiros vão organizar o trânsito no local.

Com mais uma morte nas últimas 24 horas, Dourados chegou hoje a 287 óbitos provocados pela covid-19. Mais 45 casos positivos foram registrados, elevando para 22.114 o total de douradenses já infectados pelo vírus em um ano de pandemia.

O número de hospitalizados teve pequena redução em comparação a ontem. Nesta terça-feira são 79 hospitalizados – quatro a menos que ontem. A redução ocorreu nos leitos clínicos.

Já em terapia intensiva o número continua o mesmo: 43 pacientes ocupam leitos de UTI na segunda maior cidade de Mato Grosso do Sul. O boletim sobre a taxa de ocupação ainda não foi divulgada hoje, mas ontem a cidade não tinha nenhum leito de UTI disponível para pacientes com a doença.

Nos siga no Google Notícias