A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 17 de Novembro de 2017

09/06/2014 08:20

Presídio de Dois Irmãos recebe 24 presos mesmo após tentativa de fuga em massa

Bruno Chaves
Túneis foram cavados em presídio de Dois Irmãos (Foto: Karlão/Buriti News)Túneis foram cavados em presídio de Dois Irmãos (Foto: Karlão/Buriti News)

Depois de 64 presos da cadeia pública de Maracaju, a 160 quilômetros de Campo Grande, rebelarem-se em um princípio de motim, neste domingo (8), quebrando parte da unidade e ateando fogo em colchões, o juiz da comarca, Marcus Vinícius Elias, determinou a desativação da unidade. No mesmo dia, 40 internos foram transferidos para Dourados e 24 para Dois Irmãos do Buriti, de onde 50 detentos tentaram fuga em massa no sábado (7).

A operação mobilizou a PRE (Polícia Rodoviária Estadual), o DOF (Departamento de Operação de Fronteira), o Corpo de Bombeiros e Força Tática de Dourados. Campo Grande também enviou reforço, encaminhando 35 policiais do BPChoque (Batalhão da Polícia de Choque) e 12 das Operações Especiais.

Com a justificativa de que o presídio de Maracaju teve a estrutura danificada durante o motim, o juízo da comarca determinou a interdição. Além dos presos enviados para outras cidades, três internos foram levados para a delegacia. Eles seriam os líderes da rebelião.

Tentativa de fuga em massa de Dois Irmãos – A tentativa de evasão no presídio de Dois Irmãos foi descoberta no final do sábado, conforme informou o Buriti News. Os agentes descobriram a intenção ao observarem a falta de água na unidade e perceberem que o líquido que estava na vazante tinha coloração vermelha e barrenta.

Túneis e buracos – Depois da análise, os funcionários foram vistoriar as celas e encontraram vários buracos e sacos de terra, inclusive, túneis que interligavam cinco delas. Após o ocorrido, os presos foram encaminhados para a cela disciplinar e oito deles, considerados os mentores da fuga, foram transferidos para a Penitenciária Máxima de Campo Grande.

Ainda conforme o Buriti News, a unidade de Dois Irmãos está superlotada e, atualmente, possui 464 detentos.

“A situação foi controlada”, diz prefeito de Maracaju sobre motim em cadeia
O prefeito de Maracaju, Maurílio Azambuja, afirmou, neste domingo (8), que o motim iniciado na cadeia pública da cidade teve fim. “A situação foi con...
Presos fazem motim em cadeia de Maracaju e ateiam fogo em colchões
Detentos da cadeia pública de Maracaju, a 160 quilômetros de Campo Grande, iniciaram um princípio de motim neste domingo (8) e atearam fogo em colchõ...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions