ACOMPANHE-NOS    
JULHO, SÁBADO  04    CAMPO GRANDE 28º

Interior

Preso no interior de MS, suspeito de matar perita do trabalho em SP

Por Viviane Oliveira | 25/03/2016 09:29

Foi preso em Cassilândia, distante 418 quilômetros de Campo Grande, José Correia Neto, acusado de matar a tiros, uma perita da Justiça do Trabalho há 8 anos, em Santo Amaro, São Paulo.

Conforme o site Cassilândia Notícias, José usava nome falso e estava morando há 7 anos na cidade, onde tinha uma empresa. Na noite da última quarta-feira (23), o homem foi preso pela Polícia Federal de Jales, onde seria apresentado à Justiça Federal de São Paulo.

O crime - Em dezembro de 2008, a perita Célia Maria Galbetti, 44 anos, foi assassinada a tiros nas costas dentro da ótica Mirage, em Santo Amaro, zona sul de São Paulo, de acordo com o jornal Extra.

O motivo da visita dela no local era dar andamento a uma ação, movida em 1995 por uma ex-funcionária de José Correia. A perícia tinha como objetivo saber sobre o movimento financeiro da ótica para que a Justiça pudesse fixar um valor indenizatório a ser pago.