A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 17 de Setembro de 2019

26/05/2018 09:28

Prevendo escolas vazias, secretário suspende aulas a partir de segunda

Dourados tem 27 mil estudantes em 45 escolas e 38 Ceims

Helio de Freitas, de Dourados
Aulas estão suspensas em Dourados e só voltam após fim dos efeitos da greve de caminhoneiros (Foto: Arquivo)Aulas estão suspensas em Dourados e só voltam após fim dos efeitos da greve de caminhoneiros (Foto: Arquivo)

As aulas na Rede Municipal de Ensino de Dourados, cidade a 233 km de Campo Grande, estão suspensas a partir de segunda-feira (28). A medida foi tomada pelo secretário municipal de Educação Upiran Jorge Gonçalves e anunciada neste sábado (26).

Segundo ele, a decisão leva em conta os efeitos da greve nacional dos caminhoneiros e vai vigorar até o restabelecimento do fornecimento de alimentos e de combustíveis.

O município de Dourados tem pelo menos 27 mil estudantes da educação infantil e ensino fundamental em 45 escolas e 38 Ceims (Centros de Educação Infantil Municipal).

“Tomei a decisão para não ser surpreendido na segunda-feira com escolas vazias sem alunos, servidores e professores”, afirmou o secretário ao site MS em Foco.

Segundo ele, em decorrência do desabastecimento de combustíveis e até mesmo de gêneros de primeira necessidade, muitos professores e servidores da educação não teriam como ir ao trabalho e algumas escolas corriam o risco de não ter merenda.

Upiran Jorge Gonçalves disse que as aulas serão retomadas imediatamente após o fim dos efeitos do desabastecimento causado pela paralisação dos caminhoneiros.

Em Dourados, a UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados) e a Uems (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) também suspenderam as aulas por causa da greve dos caminhoneiros. A cidade está sem combustíveis desde quinta-feira (24) à tarde.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions