ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, QUARTA  23    CAMPO GRANDE 31º

Interior

Professora de 51 anos morre após moto ser arrastada por carro

Condutor do veículo envolvido dirigia sob efeito de álcool; jovem afirmou ter invadido contramão para fugir de outra colisão

Por Liniker Ribeiro | 09/08/2020 07:20
Moto conduzida por professora chegou a ser arrastada por 34 metros; veículo ficou embaixo de carro envolvido (Foto: Ribero Júnior/MS 24h)
Moto conduzida por professora chegou a ser arrastada por 34 metros; veículo ficou embaixo de carro envolvido (Foto: Ribero Júnior/MS 24h)

Acidente envolvendo carro e moto provocou a morte de uma mulher, de 51 anos, na noite de ontem (8), em Fátima do Sul, a 246 quilômetros da Capital. Maria Aparecida de Lima Soares, que era professora, conduzia a motocicleta atingida pelo carro e foi arrastada por aproximadamente 34 metros. A vítima chegou a ser socorrida, mas não resistiu aos ferimentos.

Conforme boletim de ocorrência, o acidente aconteceu próximo ao terminal rodoviário da cidade, na Rua Tenente Antônio João, no Jardim São Paulo.  O condutor do veículo Fiat Punto, de 22 anos, afirmou que seguia pela via, quando um veículo teria avançado a preferencial, no cruzamento com a Rua São Geraldo. Na tentativa de desviar, o condutor disse ter invadido a contramão, momento em que acabou colidindo com a moto.

Maria Aparecida de Lima Soares, de 51 anos, era professora da rede municipal de ensino (Foto: Facebook/MS 24h)
Maria Aparecida de Lima Soares, de 51 anos, era professora da rede municipal de ensino (Foto: Facebook/MS 24h)

Teste do bafômetro realizado no local do acidente indicou que o jovem dirigia sob efeito de álcool, com resultado de 0,27mg/l da substância em seu organismo.

Devido à colisão, a motocicleta conduzida pela professora ficou destruída. Já o veículo envolvido apresentou danos na parte frontal, lado esquerdo, quebrando para-brisa, para-choque, farol e para-lama.

Maria Aparecida, mais conhecida como Cida, segundo o site MS 24 Horas, chegou a ser socorrida por equipe do Corpo de Bombeiros, mas não resistiu aos ferimentos e morreu após dar entrada no hospital.