ACOMPANHE-NOS    
NOVEMBRO, DOMINGO  28    CAMPO GRANDE 32º

Interior

Rapaz preso por latrocínio confessa outra morte e livra irmão da vítima

Luiz Fernando de Araújo matou amigo usando uma tampa de bueiro após desentendimento; irmão da vítima tinha sido preso em flagrante suspeito do crime, no dia 2 deste mês

Por Helio de Freitas, de Dourados | 17/07/2018 09:19
Luiz Fernando foi preso ontem pelo SIG e confessou dois assassinatos em Dourados (Foto: Divulgação)
Luiz Fernando foi preso ontem pelo SIG e confessou dois assassinatos em Dourados (Foto: Divulgação)

Luiz Fernando de Araújo, 19, conhecido como “Thiago”, preso ontem (16) por matar um idoso para roubar mantimentos e uma bicicleta, confessou outro crime em Dourados, cidade a 233 km de Campo Grande.

Além do latrocínio, Luiz Fernando matou outro homem no dia 2 deste mês durante uma briga após consumirem bebida alcoólica. A confissão dele livra da cadeia o irmão da vítima, que tinha sido preso em flagrante acusado do crime.

O rapaz foi preso ontem pelo SIG (Serviço de Investigações Gerais), da Polícia Civil. De acordo com o delegado Rodolfo Daltro, inicialmente Luiz Fernando confessou ter matado, no dia 10 deste mês, o mecânico aposentado Vilmar Inácio Scheneider, 68.

Vilmar teve o crânio esfacelado por um pedaço de madeira usado como cabo de machado, encontrado sujo de sangue atrás do sofá da casa.

“As investigações demonstravam que o autor era um homem jovem, moreno e de baixa estatura. Nesta segunda o SIG identificou o indivíduo e ele confessou o crime”, afirmou o delegado Rodolfo Daltro.

Embora inicialmente tenha apresentado versão diferente, Luiz Fernando disse ter matado Vilmar para roubar mantimentos e uma bicicleta pertencentes à vítima, configurando o crime de latrocínio.

“Luiz Fernando, que possuía relação de amizade com a vítima, declarou que no momento em que o idoso estava de costas foi atingido por no mínimo quatro golpes na cabeça”, relatou o delegado.

Além do latrocínio, ele confessou o assassinato de Mesac de Araújo Martins, 51, no dia 2 deste mês. Luiz Fernando disse que os dois consumiam bebidas alcoólicas quando se desentenderam. Ele esmagou a cabeça do amigo usando uma tampa de bueiro.

Isaac de Araújo Martins, 47, irmão de Mesac, foi preso em flagrante pelo assassinato, mas ele não teve envolvimento no crime. Segundo o delegado, Isaac estava próximo ao corpo quando a polícia chegou e eles tinham brigado no dia anterior, o que levantou suspeitas de seu envolvimento.

Além disso, familiares dos irmãos que moravam juntos afirmaram que Isaac era usuário de drogas e já tinha roubado o irmão para comprar droga. No dia do crime o botijão de gás da casa não foi encontrado. Entretanto, a prisão de Luiz Fernando deixa claro que Isaac é inocente.

“Luiz Fernando não demonstrou arrependimento e sim extrema frieza ao ser interrogado. Em um intervalo de oito dias, matou duas pessoas e, em liberdade, continuaria a ceifar a vida de pessoas. Por isso pedimos a prisão preventiva dele, que foi deferida pelo juiz plantonista”, explicou Rodolfo Daltro.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário