A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

28/04/2016 13:49

Reinaldo fala em investir na produção de peixes em abertura de frigorífico

Mariana Castelar
Inaugurando um frigorífico voltado a peixes, governador reforça a necessidade de se aumentar a matéria-prima no Estado. (Foto: Chico Ribeiro/Notícias MS)Inaugurando um frigorífico voltado a peixes, governador reforça a necessidade de se aumentar a matéria-prima no Estado. (Foto: Chico Ribeiro/Notícias MS)
Autoridades visitaram as instalações do frigorífico. (Foto: Chico Ribeiro/Notícias MS)Autoridades visitaram as instalações do frigorífico. (Foto: Chico Ribeiro/Notícias MS)

Com a possibilidade de estocar até 60 toneladas de peixe ao ano, e gerar vários empregos indiretos, além dos 40 já criados, o frigorífico de peixes GeneSeas Aquacultura foi inaugurado nesta quinta-feira (28), em Aparecida do Taboado - distante 481 km de Campo Grande, com a presença do governador Reinaldo Azambuja (PSDB).

A construção da unidade começou em 2013 com previsão de término em 2014, porém se deparou com a seca no meio do caminho, o que chegou a parar as obras. Em janeiro do ano passado, os produtores de peixes enfrentavam a grave crise hídrica e a construção foi paralisada.

Apesar de capacidade para o triplo, inicialmente, a empresa irá trabalhar com 30 toneladas de peixe ao ano devido a falta de matéria-prima. O governador Reinaldo Azambuja afirma que espera que este problema seja sanado ainda este ano, inclusive com investimento por parte do governo.

“Mato Grosso do Sul é uma das maiores fontes de incentivos ficais na área industrial, mas neste caso, agora é preciso fomentar um programa através Agraer (Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural) a fim de estimular a produção de peixe", afirma Reinaldo.

Ele reforça que hoje há uma capacidade de abate muito maior do que a de produção, por isso, é necessário investir “Precisamos incentivar a piscicultura e a liberação do licenciamento ambiental com mais rapidez. Muitos dos peixes abatidos vem de São Paulo e é uma incoerência sabendo que nosso Estado tem terra e água em abundância”.

Já o prefeito de Aparecida do Taboado, José Robson Samara, fala que em conversa com a direção do frigorífico há a possibilidade de se gerar cerca de 600 empregos em até seis meses. “O frigorífico foi inaugurado hoje, e é um dos mais modernos do país. Soube também que na segunda-feira haverá a contratação de pelo menos mais 50 funcionários”.

Para que a economia estadual também cresça, o governo tem mudando algumas leis de incentivos ficais para estimular empregos em algumas regiões menos desenvolvidas.

“Essa é uma lógica que funciona bem. Em 2015, Mato Grosso do Sul foi o estado da federação que mais investimentos provados recebeu, mais de R$30 bilhões em investimentos produtivos em diversas áreas”.

Conforme o sócio-fundador da empresa, Tito Lívio Capobianco Junior, a GeneSeas gerou 40 empregos diretos e outras centenas de vagas indiretas com a instalação do frigorífico em Aparecida do Taboado. Só em Mato Grosso do Sul a companhia possui mais de 100 funcionários. A unidade conta com uma planta de 2.500 de área construída.

Investimentos - Para resolver o problema de falta de água da cidade, o governador também participou da inauguração de um poço tubular de 1.600 metros com uma vasão 400 mil litros de água por hora. O investimento foi mais de R$ 5 milhões. “Desta forma conseguimos sanar um problema antigo de Aparecida do Taboado”. Além disso, houve a ampliação do esgotamento sanitário. Já houve mais de 1.100 ligações domiciliares.

O governador também falou sobre a abertura do processo licitatório, que iniciou hoje para o recapeamento da avenida Presidente Vargas. “São mais de R$ 3,120 milhões de recurso próprio para para urbanizar, recapear, sinalizar e dar segurança e embelezamento para a rodovia que é o cartão postal da cidade”



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions