A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

13/01/2016 18:25

Represa estoura, "leva" quatro pontes e aumenta erosão em rodovia

Priscilla Peres
(Foto: Impacto News)(Foto: Impacto News)

Deodápolis - distante 252 km de Campo Grande, teve quatro pontes destruídas nos últimos dias. A chuva contante contribuiu para que uma represa estourasse , enchendo os córregos e levando, literalmente, as pontes. Uma delas, tinha sido reconstruída depois da chuva do fim de 2015.

A prefeita Maria das Dores (PT), afirma que a situação está complicada. "Entre sábado e domingo choveu 180 milímetros aqui. A chuva está destruindo tudo o que já reconstruímos e agora as obras estão paradas", afirma ela, já que a chuva não tem dado trégua.

Uma equipe da Agesul (Agencia Estadual de Gestão de Empreendimentos) esteve no município esta semana e o relatório de danos está sendo atualizado, para ser encaminhado ao governo do Estado.

Outra situação crítica é das duas principais avenidas da cidade, que segundo a própria prefeita estão intransitáveis. As avenidas, na verdade são rodovias estaduais, ou seja, de responsabilidade do governo do Estado.

Erosão - Na rodovia MS-276, entre Deodápolis e o distrito de Lagoa Bonita, parte do asfalto está sendo "engolido" por uma erosão, que tem aumentado devido as chuvas. A Defesa Civil tem monitorado a situação da rodovia.
Ao site Impacto News, o Tenente Max disse que encaminhou oficio à Agesul em Dourados solicitando medidas urgentes para conter o avanço da ‘Cratera’ que agora compromete a malha asfáltica. Alguns vídeos que estão circulando na internet pedem para que os condutores, ao passar pelo trecho, reduzam a velocidade como medida de segurança.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions