A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 21 de Setembro de 2017

21/08/2017 15:13

Satélite flagra área desmatada e fazendeiro é multado em R$ 40 mil

Além da multa, o fazendeiro responderá por crime ambiental

Luana Rodrigues
Até cerca de  fazenda era feita com madeira ilegal. (Foto: Divulgação/ PMA)Até cerca de fazenda era feita com madeira ilegal. (Foto: Divulgação/ PMA)

Um fazendeiro, que não teve a identificação diivulgada, foi multado em R$ 40 mil por desmatar uma área de 40 hectares, na zona rural do município de Ribas do Rio Pardo - 103 quilômetros de Campo Grande.

O flagrante foi feito pela PMA (Polícia Militar Ambiental), que localizou a área desmatada por meio de imagens de satélites. Além do desmatamento, o fazendeiro explorou 7.200 estacas e postes de madeira, sem autorização ambiental, que estavam sendo utilizados em cercas na propriedade.

Além da multa, o fazendeiro responderá por crime ambiental, que prevê pena de seis meses a um a ano de detenção e terá que apresentar um Prada (Plano de Recuperação de Área Degradada e Alterada)junto ao órgão ambiental.

Exploração de madeira - Além do fazendeiro, dois funcionários contratados para a extração da madeira, um de 36 anos, residente em Ribas do Rio Pardo e outro de 35 anos, residente em Sidrolândia, foram autuados por utilizarem motosserra sem licença de porte e uso, que é a licença ambiental para transporte e utilização deste tipo de máquina.

O uso de motosserra sem esse documento, caracteriza-se crime ambiental, com pena prevista de três meses a um ano de detenção. As duas motosserras foram apreendidas e os infratores também foram autuados administrativamente e multados em R$ 1 mil cada um.

'Cachorro vinagre' - Há cerca de um ano MPE (Ministério Público Estadual) iniciou uma operação denominada “Cachorro Vinagre”, da qual a PMA (Polícia Militar Ambiental) é parceira. O objetivo é levantar imagens de satélites de desmatamentos ilegais em todo o Estado.

Os dados de áreas de desmatamentos são cruzados com os de licenciamento e assim a polícia identifica as atitudes ilegais. Diversas autuações já foram realizadas em todo o Estado.

A PMA alerta para que os proprietários rurais façam o licenciamento ambiental antes do desmatamento. Os levantamentos realizados pelas imagens localizam grandes, médios e pequenos desmatamentos, bem como os antigos, recentes e em processamento.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions