A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 23 de Junho de 2017

14/07/2014 13:21

Senai inaugura em MS o 1º laboratório de Inovação em Alimentos do Brasil

Bruno Chaves
Segundo o Senai, Dourados vai ser sede do laboratório porque é o principal polo industrial, comercial e de serviços da região (Foto: Divulgação/Assessoria)Segundo o Senai, Dourados vai ser sede do laboratório porque é o principal polo industrial, comercial e de serviços da região (Foto: Divulgação/Assessoria)

O Senai de Mato Grosso do Sul vai implantar em Dourados, a 233 quilômetros de Campo Grande, o primeiro Laboratório de Inovação e Criatividade em Alimentos do Brasil. A inauguração do centro, que ficará dentro do Instituto Senai de Inovação – Alimentos e vai incentivar o desenvolvimento de projetos inovadores na área de alimentos, ocorre no dia 25 de julho.

Conforme o diretor-regional do Senai, Jesner Escandolhero, esse será só primeiro laboratório voltado ao estudo, inovação e criatividade na área de alimentos. Para ele, Mato Grosso do Sul será referência nacional nos produtos e processos criativos no setor.

Jesner defendeu que “a implantação do laboratório representa um importante avanço para as indústrias do Estado, que passam a contar com mais uma infraestrutura para desenvolver projetos com suporte e tecnologia”. Em todo o País serão cinco laboratórios, informou o diretor-regional. Além de Mato Grosso do Sul, Bahia, Paraíba, Paraná e Rio de Janeiro terão instalações.

Ele informou ainda que, em todo o país, serão cinco laboratórios em diversas áreas nos Estados da Bahia, Mato Grosso do Sul, Rio de Janeiro, Paraíba e Paraná. A iniciativa incentiva a cultura da inovação no setor industrial. Para abrigar o Laboratório de Inovação e Criatividade, o CPA (Centro de Processamento de Alimentos) do Senai de Dourados será todo readequado com novos equipamentos e salas.

Após a inauguração do laboratório em Dourados, a previsão é de que o centro passe a funcionar em outubro deste ano. Conforme o gerente de tecnologia e inovação do instituto, Gilberto Evidio Schaedler, na fase atual, de implementação, a discussão está voltada à estruturação e modelo de gestão do laboratório. Gilberto acrescentou que o programa conta com uma parceria do Sebrae, que vai apoiar projetos de até R$ 50 mil.

Funcionamento do projeto – Conforme a assessoria de imprensa do Senai, o programa vai oferecer a estrutura da instituição para a prototipagem de produtos, etapa fundamental em processos de inovação, que dá forma à ideia desenhada na prancheta. A iniciativa da instituição é desenvolvida em parceria com a CNI (Confederação Nacional da Indústria) para estimular a cultura da inovação no setor industrial.

Dourados foi escolhida para abrigar o laboratório porque é o principal polo industrial, comercial e de serviços da região e se destaca por ser o segundo maior PIB (Produto Interno Bruto) do Estado. Apesar da predominância do agronegócio, a produção industrial já ocupa espaço significativo na economia sul-mato-grossense, sobretudo no setor de alimentos e bebida.

A intenção do laboratório é disponibilizar o livre acesso ao CPA no conceito “living lab”, que significa laboratório vivo, com foco na criação, co-criação de novos produtos alimentícios, desde a concepção da ideia, treinamento e modelamento de negócios empreendedores.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions