A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 23 de Novembro de 2017

02/04/2015 12:39

Servidor público é detido acusado de abusar sexualmente adolescente de 16 anos

Liana Feitosa
Conselheira recebeu a denúncia e acompanha o caso. (Foto: Rádio Caçula)Conselheira recebeu a denúncia e acompanha o caso. (Foto: Rádio Caçula)

Funcionário público da cidade de Três Lagoas, a 338 quilômetros de Campo Grande, foi preso suspeito de aliciar e manter relações sexuais com adolescentes. Ele foi detido no Conselho Tutelar da cidade na tarde desta quarta-feira (1), depois de denúncia.

De acordo com a mãe de uma das vítimas, uma adolescente de 16 anos, a filha estava ganhando presentes do suspeito, um homem de 61 anos. As informações foram dadas, inicialmente, à conselheira Mirian Monteiro Herrera.

Segundo o site Rádio Caçula, o acusado negou as informações e disse ao delegado Paulo Rosset ue considera a jovem uma filha e que apenas tem muito carinho por ela, ainda segundo a Rádio Caçula. Ele foi liberado.

Roupas, dinheiro, joias estavam entre os objetos dados por ele para convencer a adolescente a permitir carícias íntimas. Segundo a vítima, até mesmo uma uma motocicleta Honda Biz foi dada.

Outro caso - Em 2009, o suspeito foi alvo de denúncia da mesma natureza: aliciamento de menores. Segundo Mirian, ele foi detido em flagrante na casa onde morava, no bairro Nossa Senhora Aparecida. No local foram encontradas várias adolescentes que usavam uniforme escolar.

No episódio de 2009, também estavam no local duas pessoas, diversas bebidas alcoólicas e filmes pornográficos. Uma das adolescentes que estavam na casa do acusado, na época, tem um filho de cinco anos com o acusado.

Detalhes - A vítima que denunciou o homem ontem, disse, em depoimento, que mantinha relacionamento íntimo com o homem e que, na residência dele, assistia filmes pornográficos enquanto ele se masturbava, ainda conforme a Rádio Caçula.

Ela também disse que o aliciador sempre dizia que estava triste porque dava vários presentes, mas ela não correspondia aos pedidos dele. Ele chegou a oferece um carro 0 km em troca de sua virgindade.

Por causa das informações, a conselheira acionou a Polícia Militar e o acusado foi encaminhado à delegacia, onde prestou depoimento. 

A adolescente passou por exames de corpo de delito, que constatou ferimento em sua vagina. A Polícia Civil investiga o caso.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions