A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 16 de Setembro de 2019

02/09/2019 19:39

Suplentes de vereadores presos reassumem o cargo na Câmara

Vereadores voltam para a Câmara duas semanas depois de serem substituídos pelos titulares das vagas

Helio de Freitas
Marcelo Mourão (PRP) e Marinisa Mizoguchi (PSB). (Foto:Thiago Morais/Divulgação)Marcelo Mourão (PRP) e Marinisa Mizoguchi (PSB). (Foto:Thiago Morais/Divulgação)

Os suplentes Marcelo Mourão (PRP) e Marinisa Mizoguchi (PSB) reassumiram nesta noite (02) na Câmara de Dourados as vagas dos vereadores Pastor Cirilo Ramão (MDB) e Pedro Pepa (DEM), afastados novamente pela Justiça no âmbito da Operação Cifra Negra.

Os dois foram presos sexta-feira (31), mas ganharam liberdade no domingo(1º). Marinisa e Mourão voltam para a Câmara duas semanas depois de serem substituídos pelos titulares das vagas, que tinham reassumido no dia 19, depois de oito meses de afastamento.

O desembargador Divoncir Schreiner Maran, que concedeu liberdade aos dois, manteve o afastamento de “qualquer espécie de função e cargo público até o final da instrução processual”.

Além de afastados da Câmara, Pepa e Cirilo não podem manter contado com outros investigados no caso, não podem mudar de endereço sem autorização judicial, são obrigados a comparecer a qualquer ato do processo e, ainda, precisam avisar a Justiça, caso queiram deixar Dourados por mais de 7 dias.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions