A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 24 de Agosto de 2019

04/04/2019 21:15

Suspeita de ter ateado fogo em morador de rua que dormia é presa

Um outro homem, também suspeito de envolvimento na tentativa de homicídio, ainda não foi localizado pela polícia

Adriano Fernandes
Vítima chegado ao hospital após o resgate da vítima.(Foto: André Barbosa / JPNews)Vítima chegado ao hospital após o resgate da vítima.(Foto: André Barbosa / JPNews)

Uma mulher, de 43 anos, foi presa na tarde desta quinta-feira (4) suspeita de ter ateado fogo no morador de rua e catador de recicláveis, Roberto Pedro da Silva, 46 anos. O caso aconteceu na madrugada de ontem (3), na Rua das Seriemas, no Jardim Planalto, em Três Lagoas, distante 338 quilômetros de Campo Grande.

O seu marido, também suspeito de envolvimento na tentativa de homicídio, ainda não foi localizado pela polícia. Os dois foram denunciados anonimamente. De acordo com o JP News, a mulher é uma usuária de drogas e foi detida por investigadores do SIG (Setor de Investigações Gerais), consumindo crack, às 16h em residência na Rua dos Bem-te-vis, na Vila Popular em Três Lagoas.

Segundo a Polícia Civil, a suspeita negou o crime, assim como a participação do marido. Ela e o companheiro seriam amigos da vítima e de sua esposa. Na casa da suspeita, os investigadores também encontraram porção de maconha e duas pedras de crack, na mesa da sala. As drogas foram apreendidas. Ela foi levada para a Delegacia de Polícia e autuada po porte de drogas para consumo pessoal.

O caso - Roberto dormia com a sua companheira, quando foi surpreendido por alguém que se aproximou, jogou sobre o corpo dele algum tipo de combustível e, na sequência, ateou fogo. A mulher não foi atingida. A vítima saiu gritando por socorro e se debatendo pela proximidade da UPA (Unidade de Pronto Atendimento).

Ele foi socorrido pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e levado para a unidade. Na sequência, a vítima foi encaminhada para o Hospital Auxiliadora e no fim da tarde transferida à Santa Casa, hospital referência em tratamento de queimaduras.

A vítima que teve 70% do corpo queimado enquanto dormia foi transferida à Santa Casa da Capital, por volta das 18h. Segundo a assessoria de imprensa da unidade de saúde, o paciente sofreu queimaduras de 1º e 2º graus no tórax, braços, mãos e pescoço, está sedado e entubado no CTI (Centro de Terapia Intensiva). O estado de saúde dele é grave.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions