A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 21 de Agosto de 2019

09/05/2019 14:20

Suspeitos de assassinato em briga generalizada se entreguem à polícia

Josias Martins Ramos Freitas de Luque foi assassinado no dia 28 de janeiro deste ano. Outras duas pessoas ficaram feridas

Geisy Garnes
Josias Martins foi assassinado a facadas (Foto: Diário Corumbaense)Josias Martins foi assassinado a facadas (Foto: Diário Corumbaense)

Quase quatro meses depois de matarem Josias Martins Ramos Freitas de Luque, de 22 anos, durante uma briga generalizada em Corumbá – a 419 quilômetros de Campo Grande – os irmãos Juliney Jesus dos Santos e Wesney Jesus dos Santos, se entregaram à Polícia Civil nesta quarta-feira (8). O crime aconteceu em janeiro deste ano.

Conforme o site Diário Corumbaense, a prisão preventiva dos dois suspeitos foi decretada pela 1ª Vara Criminal da Comarca de Corumbá em fevereiro e a partir daí eles começaram a ser procurados pela polícia. Fotos dos irmãos foram divulgadas pela 1ª Delegacia de Polícia Civil, junto com o telefone para denúncia do paradeiro deles.

Ao saberem da situação, os suspeitos, conhecidos como Nego e Xangão, resolveram se apresentar na delegacia. O caso segue em investigação na 1ª Delegacia de Polícia Civil. 

Entenda - No dia 28 de janeiro grupo de conhecidos, alguns da mesma família, bebia em frente à conveniência quando a confusão começou. Testemunhas relataram que durante a briga dois homens esfaquearam Josias Martins. Ferido, ele andou por alguns metros e entrou no quintal de uma casa, onde morreu.

A Polícia Militar foi chamada e quando chegou ao local ainda encontrou quatro envolvidos – duas irmãs e dois homens – brigando.

Alguns metros à frente, os policiais encontraram o quinto envolvido, um jovem de 21 anos. Ele estava com dois cortes no rosto, resultados de facadas dadas pela própria prima durante a briga. Ele foi socorrido e levado para o pronto-socorro municipal, enquanto a mulher, de 20 anos, era presa.

Para os policiais a jovem confessou o crime e relatou que também foi esfaqueada na confusão. A autora seria a irmã dela, de 19 anos. Na região em que a briga aconteceu foram apreendidas uma arma de brinquedo e uma faca pequena, de cabo azul. Três boletins de ocorrência foram registrados na Polícia Civil.


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions