ACOMPANHE-NOS    
DEZEMBRO, DOMINGO  05    CAMPO GRANDE 28º

Interior

Suspeitos de envolvimento em assassinato são presos

O suposto mandante do crime e o homem responsável por ajudar na fuga dos pistoleiros foram alvos da ação

Por Geisy Garnes | 20/10/2021 18:11
Equipes da Polícia Civil durante buscas nos endereços dos alvos. (Foto: Divulgação)
Equipes da Polícia Civil durante buscas nos endereços dos alvos. (Foto: Divulgação)

Dois suspeitos de envolvimento no assassinato do fazendeiro Paulo Sérgio de Freitas Miranda, de 57 anos, foram presos nesta quarta-feira (20), em ação conjunta entre policiais de Naviraí, Eldorado, Mundo Novo e Palotina, no Paraná. Um dos alvos da operação de hoje é apontado como o mandante do crime.

Segundo informações repassadas pela Polícia Civil, os dois homens detidos nesta manhã tiveram a prisão temporária decretada pela Justiça de Naviraí. O primeiro alvo teria ajudado na fuga dos pistoleiros contratados para matar o fazendeiro. Até o momento, as investigações apontam que os assassinos fugiram para o Paraná após o crime.

Já o segundo preso é apontado pela polícia como mandante do crime. Ele não teve o nome divulgado. Os investigadores ainda cumpriram dois mandados de busca e apreensão no distrito de Maracajú Gaúchos, em Guaíra no Paraná. Nos endereços, diversos objetos foram apreendidos e serão analisados pela perícia.

Outros dois suspeitos, que também tiveram prisão temporária decretada, não foram encontrados e são considerados foragidos. Um deles seria o pistoleiro que matou Paulo Sérgio e o outro o intermediário da contratação do assassino.

No início do mês, dois veículos usados na fuga foram apreendidos pela equipe: um Ford Monza e um Chevrolet Astra.

O primeiro usado pelos criminosos foi o Monza. Eles foram com o carro até a fazenda da vítima e depois de deixarem a propriedade o abandonaram na estrada que liga Naviraí ao assentamento Juncal. Para escapar, os suspeitos abordaram o motorista de um caminhão-pipa que trabalhava na manutenção da mesma estrada.

No Paraná, os policiais apreenderam material para análise da perícia. (Foto: Divulgação)
No Paraná, os policiais apreenderam material para análise da perícia. (Foto: Divulgação)

Após alguns quilômetros, abordaram uma caminhonete e armados, obrigaram o motorista a levá-los até Naviraí, onde embarcaram no Astra e fugiram para o Paraná.

Paulo foi ferido a tiros no dia 23 de setembro. Ele foi atingido no rosto, braços, abdômen e mãos. Na data, chegou a ser socorrido até um hospital de Dourados, mas morreu três dias depois.

O crime aconteceu na fazenda em que ele morava no complexo de fazendas Araguaia, região rural de Naviraí – cidade a 366 quilômetros de Campo Grande. Câmeras de segurança flagraram a chegada e saída da dupla de pistoleiros da propriedade. Até o momento, o motivo do crime não foi revelado.

Paranaenses, Paulo e a família teriam se mudado da Região Sul do país para Naviraí há pouco tempo.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário