ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
MAIO, DOMINGO  26    CAMPO GRANDE 12º

Interior

Temer destaca uso da tecnologia no combate ao crime na fronteira de MS

Mariana Rodrigues e Helio Freitas, de Dourados | 09/07/2015 14:45
Comitiva de autoridades foi escoltada pelos soldados do Exército.  (Foto: Eliel Oliveira)
Comitiva de autoridades foi escoltada pelos soldados do Exército. (Foto: Eliel Oliveira)
Michel Temer (PMDB), comentou que suas impressões foram as melhores. (Foto: Eliel Oliveira)
Michel Temer (PMDB), comentou que suas impressões foram as melhores. (Foto: Eliel Oliveira)

Em visita a Dourados - distante a 233 km de Campo Grande, nesta quinta-feira (9), o presidente da República em exercício Michel Temer (PMDB), ficou impressionado com o funcionamento do Sisfron (Sistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras) em Mato Grosso do Sul, onde o projeto piloto está sendo implantado há dois anos.

Ele comentou que suas impressões foram as melhores e que a sensação que teve, é que a segurança da fronteira e o combate a criminalidade estão aumentando cada dia mais, devido a tecnologia implantada. "Não são apenas pessoas físicas, mas temos hoje a utilização da tecnologia que detecta os delitos cometidos na fronteira com uma rapidez extraordinária", comentou.

Durante a entrevista, ele lembrou ainda de duas operações a Águia e Sentinela, e elogiou essas ações. "Preserva a soberania nacional e combate a criminalidade", diz.

Ele ainda elogiou a atuação da presidente Dilma Rousseff (PT) e acrescentou que não é o seu partido, o PMDB, que está "segurando" Dilma, e sim o compromisso que ela tem com o Brasil. "O partido está colaborando com a presidente Dilma e com o país".

MS - Sobre os recursos que são destinados ao Estado, ele comentou que o fato do governador Reinaldo Azambuja ser do PSDB e ele do PMDB, partidos adversários políticos, não interfere em nada. "Neste momento não temos uma relação política, mas uma relação institucional da União com o Estado", finalizou.

Sisfron - O Sisfron está orçado em R$ 12 bilhões e só estará completamente pronto em 2021. O projeto prevê veículos de combate com modernos equipamentos de comunicação, helicópteros e sistemas de transmissão de dados. O Sisfron vai permitir inclusive que imagens e sons captados por equipamentos instalados na roupa dos soldados durante uma abordagem sejam transmitidos em tempo real, como se fosse uma teleconferência.

A agenda de Temer foi acompanhada pelo governador Reinaldo Azambuja (PSDB), pelo presidente da Assembleia Legislativa Júnior Mochi (PMDB) e pelo comandante do Exército, general Eduardo Villas Bôas, além de deputados estaduais e federais e outros oficiais do exército.

Reinaldo Azambuja se reuniu com as autoridades hoje. (Foto: Eliel Oliveira)
Reinaldo Azambuja se reuniu com as autoridades hoje. (Foto: Eliel Oliveira)
Nos siga no Google Notícias