ACOMPANHE-NOS    
DEZEMBRO, QUARTA  08    CAMPO GRANDE 21º

Interior

Temporal derrubou sete torres de transmissão e Ponta Porã segue no escuro

A previsão é de retorno da energia elétrica até o começo da noite deste domingo

Por Aline dos Santos | 24/10/2021 08:37
Ponta Porã foi atingida por rajada de vento de até 44 km/h na tarde de sábado. (Foto: Direto das Ruas)
Ponta Porã foi atingida por rajada de vento de até 44 km/h na tarde de sábado. (Foto: Direto das Ruas)

Sete torres de transmissão foram derrubadas pelo forte temporal na região Sul do Estado e Ponta Porã, na fronteira com o Paraguai, segue às escuras. A falta de energia elétrica no município perdura desde às 21h30 de sábado.

Neste domingo, a informação de moradores é de que não foi retomado o fornecimento. Do lado paraguaio, em Pedro Juan Caballero, não faltou luz

Conforme a Energisa, a linha de transmissão, que sai do município de Dourados e que atende Ponta Porã e a região da Fazenda Itamarati, foi atingida por fortes rajadas de vento. A previsão é de retorno da energia elétrica até o começo da noite.

Ontem, foram localizadas seis torres danificadas pela ventania. A sétima foi descoberta na inspeção realizada neste domingo. As torres não caíram de forma sequencial, o que torna o trabalho de conserto mais complexo. A localização, em meio a lavouras, também exige maior deslocamento para acesso.

A Energisa tem equipe reforçada (mais de 50 pessoas) e utiliza dez caminhões na execução dos trabalhos.

Vento derrubou torre de transmissão de energia elétrica na região Sul. (Foto: Divulgação)
Vento derrubou torre de transmissão de energia elétrica na região Sul. (Foto: Divulgação)

Durante o fim da manhã e começo da tarde de sábado, rajada de vento de 44 km/h (quilômetros por hora) derrubou árvores e destelhou casas em Ponta Porã. O município decretou emergência na semana passada por conta do forte temporal dos dias 14 e 15 de outubro.

Localizada a 323 km de Campo Grande, Ponta Porã segue com alerta de tempestade hoje. O aviso do Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) é para os 79 municípios de Mato Grosso do Sul. A validade do comunicado sobre ventos fortes é até às 12h deste domingo.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário