ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
ABRIL, SÁBADO  13    CAMPO GRANDE 30º

Interior

Tiro disparado em casa atinge hospital; quatro brasileiros são presos

Tiroteio ocorreu por volta de 11h desta sexta-feira na área central de Pedro Juan Caballero

Por Helio de Freitas, de Dourados | 01/03/2024 14:31
Policiais na casa onde quatro brasileiros foram detidos após tiros (Foto: Marciano Candia/Última Hora)
Policiais na casa onde quatro brasileiros foram detidos após tiros (Foto: Marciano Candia/Última Hora)

Um dos tiros disparados por volta de 11h desta sexta-feira (1º) do quintal de uma casa na fronteira do Paraguai com Mato Grosso do Sul atingiu o Hospital Regional de Pedro Juan Caballero, cidade separada por uma rua de Ponta Porã (MS). Segundo a polícia, o projétil atravessou o telhado e por pouco não acertou um paciente internado no setor de hemodiálise.

Quatro brasileiros encontrados na residência de alto padrão foram detidos pela Polícia Nacional. Conforme a imprensa do país vizinho, eles foram identificados como Fahd Haidar, Heitor Garcete Villalba, Rodrigo Oliveira Pina e Mamede Haidar.

Os tiros foram disparados para o alto do quintal da casa, localizada no cruzamento das ruas Tenente Herrero e Carlos Domínguez, a poucos metros do território brasileiro. Inicialmente havia suspeita de confronto armado. Vizinhos contaram terem ouvido dezenas de disparos.

Entretanto, quando a Polícia Nacional chegou ao local, descobriu que não se tratava de troca de tiros, mas sim de disparos para o alto. Os policiais apreenderam 25 cápsulas deflagras de calibre 9 milímetros, oito cartuchos intactos e um carregador de pistola Glock 9 milímetros, mas mas nenhuma arma foi encontrada.

Os homens consumiam bebida alcoólica no momento dos tiros. Garrafas de whisky e de cerveja estavam sobre as mesas. Os quatro foram presos por disparo de arma de fogo e perturbação da paz.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas  redes sociais.

Nos siga no Google Notícias