A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 29 de Junho de 2017

24/01/2011 17:13

TJ nega pedido à mulher que teve marido morto em ônibus de viagem

Viviane Oliveira

A empresa de viação não será responsabilizada

Por unanimidade o Tribunal de Justiça da 5ª vara negou para uma mulher o pedido de indenização por reparação de danos contra a empresa Viação Nova Integração.

A mulher queria indenização por danos materiais e morais, porque no dia 31 de dezembro de 2004 seu marido embarcou às 17h55 com destino a Rondonópolis (MT) com previsão de chegada 1 hora do dia seguinte.

O homem foi encontrado morto no dia 1ºde janeiro de 2005 no km 783 da rodovia BR 162 na altura do Município Pedro Gomes (MS) com sinais de ferimentos por acidente de trânsito.

O médico que examinou o corpo da vítima disse que os ferimentos poderiam ter sido por atropelamento, mas foi descartado porque o homem foi encontrado com as roupas limpas.

O tribunal concluiu que a empresa não será responsabilizada por passageiro encontrado morto.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions