A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 14 de Outubro de 2019

26/11/2018 15:56

UFGD repudia assassinato de mãe e filha e suspende aula em sinal de luto

Marido é o principal suspeito do feminicídio e, ainda, não foi localizado pela polícia

Danielle Valentim

A direção da Faculdade de Ciências Humanas e a coordenação do Curso de História da UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados) divulgou nota de pesar e repúdio na tarde desta segunda-feira (26) após feminicídio da estudante Maiana Barbosa de Oliveira, 20, e a filha, Dandara, de um mês de vida. As aulas do curso de história desta noite também foram suspensas.

Em nota, a direção da universidade e coordenação do cursomanifestam profundo pesar com as mortes violentas da discente Maiana Barbosa de Oliveira e filha, ocorridas nas últimas horas, em Dourados.

Confirmadas as primeiras suspeitas, repudia-se mais um crime de feminicídio, condição que requer a luta insistente e constante contra o machismo e suas mais variadas formas de violência física e simbólica. Em função do ocorrido, as aulas do Curso de História estão suspensas no dia de hoje (sic)”.

Marcos Fioravanti Neto, o suspeito de ter assassinado a jovem e a recém-nascida, é neto de um dos primeiros tabeliães de Dourados, Marcos Fioravanti, do Cartório do 2º Ofício. Ele e Maiana tinham um relacionamento e Marcos seria o pai da menina encontrada morta ao lado da mãe.

O caso é investigado pela Delegacia de Atendimento à Mulher, mas outras equipes da Polícia Civil participam das buscas ao suspeito. Os peritos a Polícia Civil informaram que Maiana foi morta com uma facada no lado direito do pescoço. A criança também tinha uma perfuração no pescoço e lesão na cabeça. A faca usada no duplo assassinato foi encontrada na casa.

Militância - Aluna do primeiro ano do curso de história da UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados), Maiana praticava capoeira e tinha atuação em defesa das minorias e contra o racismo.

Preso em flagrante por tentativa de homicídio disse que revidou tapa no rosto
Policiais militares de Mundo Novo –a 476 km de Campo Grande– prenderam em flagrante um homem de 68 anos que confessou ter esfaqueado outro, de 47, al...
Populares encontram homem esfaqueado e desorientado caído em rua da Vila Bela
Equipe do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) de Coxim –a 260 km de Campo Grande– socorreu no início da noite deste domingo (13) um homem...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions